13 de jul de 2011

Tudo tem sua hora certa e o modo correto para acontecer, não adianta teimar

Foi inevitável não escrever muito hoje. Existem coisas na vida que não podem ser resumidas.

Voltando alguns trechos do filme da minha vida, venho reparando que depois que deixamos passar um tempo e olhamos para trás, tudo se encaixa perfeitamente. Nada acontece quando queremos que aconteça, mas sim quando é a hora certa. Como não temos como saber qual é a hora certa para todas as coisas, então fazemos planos com datas previamente marcadas e na maioria das vezes nos frustramos, pois não aceitamos que aquilo proposto por nós ainda não tenha acontecido. Já deveríamos saber que não adianta bater o pé nem se chatear. Se o que você está pedindo ou lutando para conquistar ainda não veio, de duas uma, ou não é para ser (e teimamos) ou não aconteceu ainda porque não é você quem decide o momento certo. Isso não está sob o seu controle.

Tenho vários exemplos na minha própria vida que me comprovam esta teoria, mas vou citar algumas, até porque eu precisaria de vários posts para contar tudo.

Um dos exemplos mais atuais foi na decisão de voltar definitivamente para o Brasil.
Na época, eu tinha decidido ir embora do Japão com meu marido em 2008, mas sempre algo acontecia e íamos ficando, ficando.... Não aconteciam coisas ruins graças a Deus, mas as coisas boas que iam brotando no nosso cotidiano nos forçavam a permanecer naquele país por mais tempo.
Eu sempre pensava: "Acho que não é a hora de ir embora mesmo viu".

Em 2008 entrei numa fábrica para juntar grana para vir embora, mas depois de 9 meses surgiu a oportunidade de trabalhar na televisão e decidimos ficar. Mesmo com o desejo de ir embora, aceitamos o trabalho e adiamos a viagem. Depois de 1 ano estávamos quase desistindo de tudo devido algumas dificuldades, mas um telefonema mudou tudo. Então decidimos permanecer na emissora lá no Japão. Ficamos mais 6 meses. E nessa de ficar e ficar e ficar, as nossas economias foram embora, ou seja, se ainda quiséssemos voltar para o Brasil, teríamos que voltar para a fábrica para juntar mais grana.
E eu pensando: "Acho que não é a hora de ir embora mesmo".

Antes de tudo isso eu já queria vir embora várias vezes, mas nunca dava certo.
De repente eu e o meu marido batemos o pé e decidimos que voltaríamos para o Brasil de qualquer maneira, com ou sem dinheiro! Estávamos determinados. Era uma decisão de dentro pra fora. Era uma certeza inexplicável de que íamos conseguir de qualquer maneira.

Saímos da tv e entramos na fábrica.
Mas aqui, confesso a vocês que lá no fundinho eu ainda tinha lá minhas dúvidas se desta vez ia dar certo porque eu já estava condicionada a tentar e falhar, mas mesmo assim eu lutei junto com ele e tudo deu certo. Acredito que Deus também sabia que aquela sim era a hora da gente voltar e nos abriu várias portas, a gente sentia que tudo ia fluindo muito naturalmente. Pra vocês terem uma idéia, eu e o meu marido começamos a trabalhar no mesmo dia (em fábricas diferentes e distantes uma da outra) e terminamos de cumprir o nosso aviso prévio no mesmo dia, após exatos 12 meses!!! Muita coincidência e sintonia não é mesmo? Isso significa que, por ter começado a trabalhar no mesmo dia, os nossos salários caiam na mesma época, então foi super tranquilo administrar as economias e o pagamento das contas e despesas de viagem. Quando começamos a trabalhar, colocamos uma meta, a de que em 1 ano conseguiríamos juntar um dinheirinho, pagar a mudança, as passagens e entregar as chaves do apartamento. E foi o que aconteceu. Nem um mês a mais nem a menos. É incrível como tudo fluiu de maneira tranquila e serena. Depois deste prazo que nos demos, entregamos as chaves do apartamento e ainda tivemos condições de viajar para a Itália no meio do caminho.

Estou contando isso aqui para que vocês percebam comigo o quanto as coisas começam a acontecer na nossa vida apenas quando é a hora certa ou quando estamos prontos de fato para vivenciar a nova etapa que está por vir. Me lembro que por mais que planejávamos, sempre acontecia alguma coisa que nos prendia ali. Claro que às vezes eu ficava triste e chegava a pensar que voltar para o Brasil seria um sonho quase impossível, afinal depois de 10 anos num lugar você cria tantos laços, compromissos e raízes que fica difícil voltar rápido mesmo.

Mas foi só uma questão de tempo, de paciência e acreditar que as coisas não acontecem quando queremos.

Sei que o texto de hoje está longo demais, mas estou pensando nas pessoas que estão lendo tudo com atenção e que se identificaram com tudo isso. Quero fazer um post completo para que todo o contexto seja entendido da maneira mais próxima do que vivi, assim acredito que quem ler tudo poderá ser ajudado ou confortado da melhor maneira possível.

Quem vem acompanhando o meu blog há algumas semanas, sabe que a minha adaptação onde estou morando hoje foi bem complicada. Por mais que tivesse preparada racionalmente para encarar o Brasil após 10 anos fora, chegar aqui e voltar a viver hábitos diferentes foi um baque.

Até há um mês atrás eu estava num estado que nem saberia nomear pra vocês. Não chegava a ser tristeza porque me sentia feliz de estar ao lado do meu marido, mas eu sentia uma sensação de vazio, um sentimento ruim que eu nem sabia porque tomava proporções tão grandes. Cheguei inclusive a pensar em ir a um centro espírita para ver se eu estava com algum encosto ou se havia algum espírito dentro da casa que não tinha ido com a minha cara! rsrs

Eu tentava ficar melhor, mas nada adiantava. Eu chorava muito quando ia tomar banho, não sentia vontade de me arrumar, maquiar e nem comer direito. Ao mesmo tempo eu mesma me perguntava porque tudo eu estava daquele jeito se eu estava rodeada de familiares numa casa confortável e ao lado do homem da minha vida? Foi um nó na minha cabeça! Pensava que nunca me acostumaria com Campo Grande - MS.
Enfim, fui levando dia após dia com a esperança de que mais cedo ou mais tarde as coisas melhorariam, só tinha receio de que fosse mais para "tarde" rs.

O que me ajudou também foi sempre acreditar que NADA é para sempre. Então fui seguindo do jeito que dava. De vez enquando eu rezava (não sou muito de rezar, precisava melhorar isso em mim) e falava pra Deus que eu não sabia o que fazer para melhorar, que eu não conseguia ter nenhuma idéia do que fazer para me sentir melhor e que eu ia ficar esperando Ele me dar um sinal.

Até que um dia a Márcia, prima do meu marido, nos convidou para ir a missa num domingo.
Chegando lá o padre disse que naquele dia seria a missa de Pentecostes (dia do nascimento da Igreja, é o momento em que o verdadeiro significado da Cruz e da Ressurreição de Cristo se manifesta e a nova humanidade retorna à comunhão com Deus). Ecclesia

Durante a missa, cada um de nós recebeu uma vela (a minha é esta da foto).



Não me lembro exatamente as palavras usadas pelo padre no momento em que as velas foram acesas, mas a mensagem era esta: "...converse com Deus, abra seu coração e permita o seu encontro com o espírito santo. Peça para Ele tirar suas aflições e agora olhe para esse fogo que queima na sua vela. Deixe queimar junto todas as suas angústias e aflições, reacenda através desta chama a sua fé e acredite que você sairá daqui com uma inspiração, com uma idéia, com aquilo que você precisa para reavivar sua fé em Cristo e, que caso aconteça de você recair ou a tristeza voltar, que você acenda novamente esta vela e veja nesta chama o rosto de Cristo, que é o que vai te reanimar e fazer voltar suas esperanças..."

Esta foi a mensagem que guardei no meu coração.
Fiquei extremamente emocionada.
Sabe quando você está com um problema, vai à igreja e parece que o padre fala só com você? Sabe quando parece que não tem mais ninguém ali? Só você e o padre? A emoção tomou conta de mim porque ouvi o que precisava ouvir.

Enquanto o padre rezava desta maneira como tentei descrever, fiz o que ele pediu, rezei e fiz meus pedidos para Deus. Disse à Ele que eu não sabia o que poderia fazer para me animar, disse que eu não conseguia pensar em nada e que a minha mente não conseguia visualizar nada novo, eu estava com uma sensação de mente limitada e que desta vez eu não ia fazer nada, iria ficar esperando por algum sinal ou idéia ou inspiração durante aquela semana que estava para começar.

Essa missa aconteceu no dia 05 de Junho.
Quando foi dia 11 aconteceu aquela história com os gatinhos que vocês já conhecem (quem não conhece clica aqui) e hoje, após 1 mês e voltando este capítulo da minha vida, compartilho com vocês a certeza de que foi Deus quem enviou para a nossa casa essas duas criaturas inocentes para encher as nossas vidas de alegria. Para alguns, ter dois gatinhos em casa pode ser uma coisa boba, mas para mim foi um sinal divino, pois após a chegada deles aqui em casa, eu passei a ocupar a minha cabeça, saía para comprar as coisinhas deles, vivo rindo com suas brincadeiras, faço bastante carinho, vivemos tirando fotos pela casa, enfim, parei de pensar só nas minhas angústias e incertezas e dei lugar à alegria de ter essas bênçãos aqui com a gente. O fato de ter ficado com os gatinhos abandonados também me fizeram um bem danado. É incrível como nos conforta o coração praticar o bem e ajudar de alguma maneira a quem precise, seja uma pessoa ou animal.

Eu nunca poderia imaginar que dois gatinhos mudariam a minha vida. Contando assim parece coisa boba, mas para mim foi muito significativo.
É como se Deus juntasse o útil ao agradável: uniu dois gatinhos abandonados que precisavam de uma família, com uma família que tinha uma pessoa precisando se distrair com algo novo. Pronto! Perfeito!

Por isso eu digo que só Ele conhece o caminho melhor a ser percorrido.
Eu poderia comprar roupas, perfume novo, ir ao cinema, ao melhor retaurante da cidade que nada disso me ajudaria naquela fase. Onde eu poderia imaginar que cuidar de gatos me ajudaria tanto??? Têm coisas na vida que não tem explicação lógica.

Dia 11 deste mês meu marido foi contratado por uma emissora para trabalhar como cinegrafista e já teve que viajar para cobrir uma matéria em Minas. Acredito que se ele tivesse que se ausentar e me deixar em casa naquele estado, eu ia ficar muito mal, mas como já estou 100% e muito feliz hoje, ele viajou numa boa e eu estou super bem aqui em casa.

Tá vendo?
Para mim, esta foi mais uma prova de que só Deus sabe a hora certa de tudo acontecer.
Parece que eu precisava estar bem para que o meu marido pudesse viajar em paz e foi graças aos nossos bichinhos (tipo animalterapia) que melhorei; e foi graças ao convite da Márcia que fui à igreja e rezei daquela forma.

Novamente eu afirmo aqui que se voltarmos o filme da nossa vida, teremos provas de que tudo é um quebra-cabeça movido por Ele e ainda continuamos com a pretensão de que somos nós quem decidimos como e quando as coisas devem acontecer.

Eu pedi e Ele me deu.
Me deu à sua maneira, claro.

Por isso vamos prestar mais atenção aos sinais que Deus nos dá durante o dia, a semana, a vida.
Às vezes pode ser um sinal tão sutil que nem percebemos o que Ele quer oferecer.

Desculpe pelo post enorme de hoje. Sei que muitos de vocês não têm tempo para ler.
Mas é que hoje eu precisava compartilhar isso e tinha que ser sem cortes, de coração!
Bjs

44 comentários:

Lilian Amorim disse...

Li tudinho e fiquei muito emocionada.
Deus cuida de tudo nos mínimos detalhes.
Bom saber que está feliz e que as coisas estão fluindo da melhor maneira.
Um beijo carinhoso.

Babi Zuza disse...

Flávia,

Amei o post! Li tudo com a maior atenção! Lindo!!!
Nossa, quando li a história dos gatinhos achei que vc ainda estava no Japão! Fiquei um bom tempo sem visitar blogs né, to numa correria aqui de emprego novo e tal, estou visitando conforme vai dando tempo.
Mas que bom que está se adaptando agora aqui no Brasil! As coisas vão se encaixando no tempo certo mesmo, por isso sempre digo, é dar tempo ao tempo, e o que tiver de ser será!
E os bichinhos, como estão?? O meu gato ta aqui do meu lado domindo, tá até sonhando rsrs..

B-jinhos
Babi Zuza
http://babizuza.blogspot.com

Ariana disse...

Oi Flá...
Aproveitei o horário do almoço daqui do serviço para ler o seu post...Flá me emocionei bastante ao ler, sabe quando passa aquelas ceninhas na sua cabeça (sabe né?!...srsrs), então, pensei no processo do casamento, trabalho, tudo, é engraçado, Deus tem uma maneira sutil, de se envolver em nossas vidas, Ele sabe o momento perfeito para que as coisas possam acontecer, chamos tudo isso de milagres diários, são ações simples, mas que movimentam a nossa vida de forma surpreendente...
Fico feliz por vc Flá e por saber que está bem...
Que o Espirito Santo de Deus possa agir constantemente em sua vida, na vida da sua família sempre...
Muitos beijos e um forte abraço...

Jana Cassis disse...

Flávia
Li tudo e com muita atenção e vi tbém que certas coisas que a gente acha que só acontecem com a gente, acontecem sim com os outros e nós nos preocupamos tanto com nosso umbigo que não vemos em volta...
Falei isso por mim!
Sempre acho que as dificuldades que acontecem vida são só comigo...rs!

Vendo o que escreveu entendi que cada um te sim suas dificuldades e que é normal os tropeços, enfim uma das coisas que li e me fizeram dar um sobressalto aqui foi o fato de vc pensar em ir num Centro Espírita, pensei na hora, não! Vai numa missa e pede pra Deus curar tua tristeza...
Fiquei muito feliz por ter sido isso que acabou acontecendo!

Eu aqui estou num momento complicado, descobrimos que meu vô está com cancer de próstata bem adiantado que já está nos ossos, ele uma pessoa súper ativa, trabalha até hoje com seus 78 anos, é difícil aceitar ele assim tão debilitado, ainda essa semana fui vê-lo no hospital ele com várias complicações devido ao seu problema vai e volta do hospital, então qdo fui fiquei ali olhando pra ele, conversamos muito, eu fiquei ali absorvendo a presença forte daquele homem tão simples e cheio de sabedoria, mas não fiquei triste porque vi a força dele e como ele quer ainda viver, estamos aqui todos em oração, pedindo a Deus um milagre, Flavinha não sei se posso te pedir isso, mas se puder reze por ele hoje, ele irá fazer uma cirurgia as 18h, só peço a Deus que nos dê mais um tempinho com ele aqui e que ele esteja bem...

Amada desculpe o desabafo, mas sei lá senti vontade de falar isso pra vc, assim acho tbém que tudo tem sua hora certa, entregue seu caminho a Deus e confie, tudo que for fazer peça a Deus que vá na frente abrindo as portas pra vc, mas confie e acredite, Deus não vai te desamparar jamais, nunca mesmo!

Bjs adorei seu post de hoje, Jana.

Priscila disse...

Oi Flávia, gosto muito de tudo o que você escreve, na maioria das vezes me identifico também.
E não é diferente desta vez. Tento a muito tempo realizar algo em minha vida, e parece que tudo luta para que isto não aconteça, até que eu parei de tentar e deixei nas mãos do Senhor, quando for da vontade Dele, tenho certeza de que tudo se realizará.
Parabéns mais uma vez pelo blog.!

Um Abraço

Valéria disse...

Oi Flávia!
Nada de coisa boba, me emocionei muito com seu relato! É verdadeiro isto de ter uma hora certa para as coisas acontecerem, mas é que como desejamos muito aquilo queremos pra ontem e as coisas não são assim. Se estivesse nesta igreja teria me desmanchado em lágrimas, noooossa é como se tocasse o íntimo de quem deseja algo demais. Me identifiquei com a situação.rsss
Mas é assim Deus sabe a hora certa de tudo acontecer.
Amei seu post!Fico feliz que você esteja se encontrando.

Grande beijo e tudo de bom!

Maitê disse...

Oi minha querida !!!!!

Aos pouquinhos estou voltando das férias ... na verdade ainda estou no Rio de Janeiro curtindo a minha família ... mas como o dia hj está tranquilo, resolvi vir dar uma lidinha nos meus blogs preferidos !!! rs....

Como sempre, seu texto é imbatível !!!!

Pena que na hora nunca aceitamos 100% o que a vida nos dá e só depois de um pouco de sofrimento e de tempo, conseguimos enxergar que o contrário das nossas vontades, foi a melhor solução.

Estou na torcida pelo seu emprego !!!! Vc vai conseguir !!!

Beijinhos enormes !!!!!

Milena Fischborn disse...

Eu acredito muito que tudo acontece no seu devido tempo. Não adianta apressar as coisas, quando é pra ser, vai ser de qualquer jeito! O problema é que muitas vezes não temos muita paciência (eu sou assim) e ficamos querendo pular etapas...
Você está vendo que aos poucos tudo vai se ajeitando!
Grande abraço!

LF disse...

Olá Flávia,

Adorei o post, fiquei muito emocionada com seu relato, que bom que já está melhor, as vezes precisamos mesmo deixar as coisas nas mãos de Deus para que elas aconteçam no seu devido tempo e ter bichinhos em casa é uma dádiva ver eles crescerem, as brincadeiras, é uma alegria todos os dias.
É a primeira vez que visito seu blog e gostei muito, prometo virar leitora assídua, bjs.

Gilmara Wolkartt disse...

Flávia,
Não gosto de post grandes, geralmente desisto no caminho, mas o seu prendeu a minha atenção até o final, li tudinhoe fiquei muito emocionada com tudo que escreveu, fiquei muito feliz que tenha percebido esse pequeno "milagre" na sua vida que Deus realiza todos os dias mas poucos de nos tem olhos para perceber, linda a sua admissão de um Deus superior que te ajuda e te guarda!
Deus te abençoe sempre.
Gd beijo

Gigi disse...

Oi Fla

Otimo post.

Muita sabedoria!!

Fiquei preocupada quando cheguei na parte do centro espirita rsrsrsrs ....Mas ainda bem que voce nao foi ,e foi em busca da pessoa certa que e Deus ,ele sim ,sabe realmente de todas as coisas,pode ter certeza!!!
E hoje eu entendo que nada e por acaso e tudo tem um proposito,pois como voce, eu tambem sempre tive um desejo enorme de regressar para nossa terrinha ,mas nunca deu certo, por mais que eu trabalhasse ,sempre acontecia um fato ou outro, que decidiamos ir ficando ,e agora eu entendo, porque eu teria que permanecer aqui .Qualquer dia eu farei um post sobre isso.Sabe quando parece que não tem mais ninguém ali? Só você e o Sacerdote? A emoção tomou conta de mim porque ouvi o que precisava ouvir.Mas e isso amiga, Deus fala com a gente ,atraves da palavra ,antes eu nao cria nisso ,mas hoje eu creio .Antigamente quando eu tinha problemas saia correndo para a casa da vizinha,contar os meus problemas ,e o que acontecia? So piorava mais as coisas .Temos que confiar e entregar os nossos problemas,nossas afliçoes nas maos do nosso Pai Celestial ,ele e nosso melhor amigo e nunca jamais, nos decepcionara .E ele cuida de nos o tempo todo, com muito amor!!!Varias vezes eu ja fui a igreja aos prantos com problemas e quando chego la acontece iguazinho voce citou ,parece que aquela palavra e dirigida somente a minha pessoa ,e quando termina o culto estou totalmente fortalecida ,confiante!!Na Biblia tem uma passagem muito forte em: (Lucas 8.22)Que Fala asim:E aconteceu que num daqueles dias ,entrou num barco com seus discipulos e disse lhes :PASSEMOS PARA a outra banda do lago .E partiram.E navegando ,eles adormeceu :e sobreveio A TEMPESTADE de vento no lago ,e o barco enchia -se de agua ,estando eles em perigo .E chegando - se a ele ,o despertaram ,dizendo :Mestre,Mestre ,estamos perecendo .E ele, levantando - se repreedeu o vento e a furia da agua : e cessaram ,e fez -se bonança.E disse -lhes :ONDE ESTA A VOSSA FE? E eles ,temendo ,MARAVILHARAM -SE ,dizendo uns aos outros :QUEM E ESTE ,QUE ATE AOS VENTOS E A AGUA MANDA ,E LHE OBEDECEM?

Essa plavra e muito forte,significa que Jesus mesmo no meio da tempestade, dormia ,pois ele confiava o tempo todo no Pai Celestial .E e isso que temos que fazer sempre .

Quanto aos bichanos ,com certeza vieram na hora certa .E lhe trarao muitas alegrias .E nao deixe de buscar a Deus jamais ,sem
ele nao somos nada.E conversse sempre com ele antes de dormir ,ao acordar ,de madrugada , como se voce estivesse converssando com um amigo que ele nos ouve e atende rapido.Se puder ir a igreja ,va toda semana pois e la que nos abastecemos da palavra de Deus e ficamos forte e revestidos do poder de Deus.
Super beijo

Erica Moreira disse...

Flavia,

Descobri seu blog por acaso e gostei muito. Me identifiquei muito com seu post. Moro há três anos na Itália e sinto muito esse conflito de sentimentos. As vezes parece que as coisas nunca são boas o suficiente, outras parece que são o máximo. O problema é que somos seres muito imperfeitos e insatisfeitos. Eu para completar sou ansiosa demais e quando planejo e as coisas não acontecem na data que eu planejei é um sofrimento só. Acontece que a gente deveria ter aprendido que nem sempre estamos prontos para enfrentar algumas coisas. Um estagiário não tem condições de assumir a presidencia de uma empresa. Nós precisamos de maturidade para conquistar algumas coisas e muitas vezes adquirimos a maturidade ao batermos a cabeça. O duro é aprender a controlar a ansiedade e não se frustrar.

Eu imagino o quanto esteja sendo difícil a readaptação, até porque foram dez anos longe do Brasil. A cada dia que passa percebo que fica mais difícil voltar para o Brasil, pois vc acaba se enraizando. Vcs voltaram, agora é esperar que o tempo ajude vcs na rotina....

Boa sorte e sucesso!

Paty Chuchu disse...

Oi querida Flavia,faz um tempao que nao comento por aqui fico sempre deixando pra depois,mas to sempre acompanhando..Mas hoje...Hoje nao tem como nao comentar,que post maravilhoso e o que e´ melhor,confirma mais uma vez que Deus esta sempre no controle haja o que houver.
Confesso que to ainda afastada dele mas tudo tem seu tempo certo.
Vc tem toda a razao os sinais estao em todos os lugares basta a gente abrir os olhos e e´ isso que vou fazer,pois estou numa fase meio DOWN tb,mas esse seu post foi mais um sinal,vou levantar ...Beijos e obrigada!!

Muita forca e Deus abencoe vcs sempre..

Priscila disse...

Flávia, acabei de ler o post sobre comentários, e concordo com cada palavra, confesso que aprendi algumas dicas também!!!
Obrigada.
beijos

otilia cristina disse...

QUERIDA NADA NESTA VIDA É POR ACASO

ESSES GATOS NA SUA VIDA NÃO FORAM MESMO COLOCADOS AÍ POR ACASO..

SABE EU SEI QUE FALA A VERDADE DESSE ENCONTRO COM DEUS E QUE ELE FEZ PO VOCE NESSA MISSA DE PENTECOSTES POR QUE COMIGO FOI ASSIM ..E NEM FOI EM UMA MISSA ..APRENDI A VER DEUS FALANDO COM MINHA MANICURE ..ELA ME ENSINOU A FALAR COM ELE..E EOLHA ELE É BOM DEMAIS PRA MIM..E FAZ ASSIM COMO FEZ COM VOCE..ELE DA O CAMINHO A ROTA E EU FAÇO O POERCURSO COM MEU CORAÇÃO E MEUS PÉS...SABE TUDO TEM SUA HORA EU VIVI 25 ANOS DA MINHA VIDA NESSES ULTIMOS ANOS SEMPRE QUIZ MUDAR ...E SEMPRE QUE TENTEI DEU ERRADO ..E ELE SEMPRE ME DIZIA ESPERA ..AINDA NÃO É HORA..ATÉ UM DIA DESSES ELE ME MOSTROU UMA NOVA RAZÃO DE VIVER ME FEZ VOAR E DISSE VAI LA VOA E VAI VIVER O QUE QUER HA TEMPOS
FUI FIZ O QUE ELE MANDOU E COMEÇOU LA NA VIAGEM QUE VOCE LEU...ESTOU COM MEDO AINDA DO NOVO ..DO MÁGICO..DO SENTIMENTO QUE EU PENSEI JAMAIS SENTIR DE NOVO ESTOU FELIZ ..

DEUS SABE A HORA EXATA DE NOS PRESTIGIAR COM A FELICIDADE E VOCE ESTA NA SUA HORA E OLHA CONVERSA COM ELE A NOITE E DIGA PRA ELE TE RESPONDER NÃO DEMORA MUITO ELE TE MANDA RESPOSTAS ASSIM COMO FEZ COM GATOS ...QUEM ACHAR BOBA A ATITUDE DE TER DOIS GATINHOS E DEDICAR A VIDA A ELE É ALGUEM MUITO VAZIO E DISSO NEM VAMOS FALAR NÉ SRSRSR ADOREI SABER QUE DUAS CRIATURAS QUE AMO TAMBEM GATINHOS FAZEM VOCE FELIZ ..PENA NÃO MORAR AI QUE EU QUEM IA DAR BANHO NELES SABE QUE DOU BANHO EM GATOS TAMBEM ...QUERIDA FICO MUITO FELIZ POR SENTIR VOCE FELIZ ..E TUDO NA HORA CERTA DE BOM VAI CHEGAR ATÉ VOCE..VOCE É UM MENINA ESPECIAL ..E SEI QUE O CAMINHO DA FELICIDADE ESTA AI SO VOCE VAI VER NA HORA CERTA ...FIQUE BEM

PARABENS PELO POST ..LONGO QUE NADA ME IDENTIFIQUEI DEMAIS COM ELE ..DEMOREI ANOS PRA DECIDIR SER FELIZ DE NOVO MAS NÃO ESTAVA NA HORA E HOJE ESTÁ E ESTOU SENDO...
COM VOCE VAI SER ASSIM TUDO VAI DAR CERTO O MAIS IMPORTANTE TEM AMOR..AMOR DO MARIDÃO DA FAMILIA E AGORA DOS GATINHOS

BJS

OTILIA

FIQUEI FELIZ POR VOCE TER IDO LA

SENTI SUA FALTA

Juh** disse...

Oi flor!
Eu super concordo com você, Deus faz as coisas à sua maneira. E tenho certeza que nada é por acaso, esses gatinhos vieram na hora certa te ajudar num período complicado.
Fico super feliz de saber que você esta bem!
Deus te abençoe
beijos :)

Paula Li disse...

Oi Flavinha querida, quantas saudades!!! Faz tempo que não venho aqui, mas lembro de você todos os dias.
Minha mãe, que não é estudada, mas é muito sábia, foi quem me ensinou a preciosa lição de saber esperar.
Acredito que o ser humano é ansioso por natureza e quando as coisas não acontecem como ele planeja, quer logo desistir, acreditando que o seu desejo jamais irá se realizar.
Mas a verdade é como você colocou, as coisas tem seu tempo certo para acontecer e precisamos ter a sabedoria e a paciência para esperar.
Fico muito feliz que seu estado de espírito tenha melhorado e como eu já disse antes, devagarinho as coisas vão se acertando.
Um beijo muito especial, fica com Deus.

Fabi a loba!!! disse...

Oh amiga... não sabia que você estava se sentindo assim, mas realmente Deus sabe o que faz e você é a prova viva disso.
Quando precisar é só me ligar a qualquer hora, as portas aqui sempre estarão abertas para você e o Shiroma.

Sabe que uma vez li uma matéria onde dizia que as pessoas que possuem animais de estimação tem uma probabilidade muito menor de entrar em depressão. De uma certa forma esses bichinhos preenchem nossas vidas, nos fazendo rir, brincar, acarinhar ou até mesmo brigar quando aprontam, sei bem o que é isso, não consigo enxergar minha vida sem minhas cachorras, meus dias seriam muito mais tristes se elas não existissem. O Rogerio trabalhando o dia todo e a Daphyne na escola ficaria sozinha uma boa parte do dia e elas preenchem esse espaço vazio. Acho ótimo você estar curtindo seus bichanos...
Te amo muito amiga se precisar estou aqui para te ajudar beijinhos

VaneZa disse...

Eu bem sei o que esses bichinhos são capazes de fazer na nossa vida. No momento eu estou de babá de 7 cachorrinhos, dando de mamá. Infelizmente a minha cachorra não conseguiu parir, teve que ser cesária, daí ela não reconhece os bichos e não deixa eles mamarem. Mas apesar de todo trabalho tem sido muito bom... eu andei deixando um probleminhas de lado, não dá pra pensar em problemas com tanto trabalho. E eu tbm sei que Deus nos ama e mesmo quando a gente faz besteira ele tá do nosso lado,mas no momento eu tô meio numa fase chateada com Deus, mas eu sei que vai passar.

BeijoZzz

VaneZa disse...

Eu bem sei o que esses bichinhos são capazes de fazer na nossa vida. No momento eu estou de babá de 7 cachorrinhos, dando de mamá. Infelizmente a minha cachorra não conseguiu parir, teve que ser cesária, daí ela não reconhece os bichos e não deixa eles mamarem. Mas apesar de todo trabalho tem sido muito bom... eu andei deixando um probleminhas de lado, não dá pra pensar em problemas com tanto trabalho. E eu tbm sei que Deus nos ama e mesmo quando a gente faz besteira ele tá do nosso lado,mas no momento eu tô meio numa fase chateada com Deus, mas eu sei que vai passar.

BeijoZzz

Thaís Alves disse...

Nossa, tanta coisa para dizer... primeiro, é impressionante como os animais são anjos na nossa vida. Quando meu bebê faleceu, também só dei a volta por cima graças a uma amiguinha canina especial! E sim, concordo com você. Tem momentos em que a gente pensa que as coisas não estão andando e que nada parece dar certo, e de repente, bum! Tudo começa a acontecer, e a gente vê que teria perdido oportunidades reais de crescer como pessoas se as coisas tivessem sido no nosso tempo e não no tempo correto. Que você não perca mais nenhum destes sinais! Um beijo muito carinhoso!

Gisley Scott disse...

O trabalhar de Deus não é convencional.Ele sempre nos surpreende. Eu acredito demais Flávia que quando as coisas têm que acontecer, a gente não precisa forçar a barra. Lógico que a gente tem que fazer o que nos cabe, mas não está na nosso controle fazer as coisas acontecerem.


Vejo a mão de Deus nisso tudo.Ele sabe demais qual seria a hora para vcs voltarem. Assim como vc chorei e não queria comer nos meus primeiros meses de EUA. Eu ficava constantemente me culpando, perguntando pq eu estava me sentindo naquele jeito se tinha dedicado vários anos da minha vida para trazer à minha realidade um sonho que passou tanto tempo no casulo.

As nossas vidas são obras de tapeçaria que só o Tapeceiro Divino conhece bem. Ele não comete nenhum erro. Ele não é menino. Ele é o treinador que já sabe qual será o placar final do jogo.Todas as coisas estão patentes aos Seus olhos. Ele não dorme, não neglicencia os seus.

Quero deixar para vc essa canção chamada Tapeceiro, fala muito com as fases das nossas vidas e como elas nos moldam para estar mais perto de Deus e tb para que à cada dia nos tornemos aquilo que Ele sonhou pra gente ser :

http://letras.terra.com.br/joao-alexandre/523412/


Deixo tb aqui com vc esses versos da Bíblia, do livro de Jeremias:


"Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o SENHOR; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais.

Então me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.

E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração."( Jeremias 29:11-13).

Economia Doméstica e Requinte com Ana Paula disse...

Oi Flavia querida, que bom que vc encontrou o conforto na igreja é bem isso tenha aplena certeza é DEUS, ele sabe tudo e sabe o que precisamos... Não acredite em coincidência tudo na vida é PROVIÊNCIA de Deus. Sou católica e sei bem do que estás falando e sentindo.

Bjs no seu coração.

Ps a Maria Eduarda pediu para vc seguir ela no blog rsrsrs.
lasmelhores históriascommariaeduarda

Silvana Alves disse...

oi, acompanho seu blog deste que vc estava na itália... bom, eu sou evangélica e mesmo antes de ser eu falava muito com Deus.. Ele fala com a gente o tempo todooo... Ele nos ouve e nos dá sinais para fortificar nossa fé. Essa sua experiência com ELe foi fantásticas e creia que isso acontecerá mais vezes, baste abrir seu coração.

Jeremias 3,33 "clama a mim e reponderdi-ei, coisas novas e grandes que jamais ouviu e viu"

beijos

J@de disse...

Eu não tenho religião, mas o tempo me ensinou a valorizar as coisas quando elas acontecem, porque eu acho que tudo acontece no tempo de D'us...
E que bom que você está percebendo né?
Eu li uma vez que quem tem gatos é menos estressado, então Robinho e Celeste chegaram na hora certinha mesmo!!
Beijos!!

Debys disse...

O problema q qto mais vc escreve, mas a gente sente vontade de escrever, e compartilhar algo que tbm nos aconteceu, pois acompanhando seu blog, e vi que vc voltou ao Brasil, ai me perguntava, sera que ela esta sofrendo???Sera q ela esta se adaptando??Pq tbm fiquei 10 anos no Jp nunca ter voltado ao Brasil, e foi uma decisao assim, vamos voltar e ponto final, e o que nos deu impulso de vir foi a crise, voltamos, nossa como maravilhoso o inico, mas depois que passou um mes, o oba oba, caracas, sofri muitoooo, era q nem vc, tava feliz e nao tava feliz, chorava escondido no banheiro, e as pessoas perguntavam e ai esta gostando do Brasil, eu tinha vontade de falar a verdade, sabe, eu nao quero voltar,estou odiando td, é td sujo, cara o povo é mal educado, sim o povo brasileiro é mal educado, mas ai foram alguns meses assim de angistia total, nao sabia o que estava acontecendo, só queria voltar, voltar, aqui é meu país , mas nao queria saber dele, e as dificuldades que vc encontra qdo volta, nossa são muitas, mas me lembro ate hj que não foi facil e hj lendo seu post, sei extamente o que sentiu e o que sente, mas hj estou na minha casa, nao dependo de ninguem, moro num lugar maravilhoso, e td teve seu tempo, mas na época, só pedia a Deus mais paciencia, que um dia td ia melhorar, e gracas a Deus nao demorou, mas ainda tenho que ir numa religiao, eu gosto da espirita, a católica vou pq ia desde crianca, enfim, o coisa eu tenho certeza, temos que procurar Deus, e minha sogra fala, que temos que ir em alguma igreja, pois la as vibracoes sao gdes, onde carregamos nossas energias boas e as ruins ficam por lá, acho que escrevi de+, mas me identifiquei muito com este post, qualquer dia vou escever algo parecido, bjos e bom fds!!Debys!!!

Alline Klauck disse...

Oi..adorei sua publicação de hoje, apesar de grande, muito bom de ser lido.
Fico imensamente feliz por você e te desejos muitas felicidades...

Um beijo grande para vocês e seus gatinhos...

Alline Klauck
www.a-cara-da-riqueza.blogspot.com

Thaís Alves disse...

Espero que curta muito a família por lá tbm! :) Eu estou com a minha cunhada-irmã de BH também por aqui visitando. Coisa feliz! :) Um beijo!

Sheila Santos disse...

Olá Flávia, estava fazendo uma pesquisa sobre clima e humor (assunto do meu próximo post) passei pelo blog "Na Alemanha" e vi a campanha blgueira educada, fiquei curiosa, cliquei e acabei caindo aqui (rsrsrs), na hora certa.
Gostei muito da proposta de seu blog. Dividir momentos ímpares como o reencontro com Deus é quase um serviço social (rsrsrs). Essa experiência te trouxe alento e para nós, leitores,a certeza da providência Divina. (Me deu até vontade de ir a missa, rs)
Parabéns! Bela reflexão.
Um abraço

www.amoreacalanto.blogspot.com

P.S. Depois me explica essa história de selo. Sou novata, não entendo nada... rsrs

Gisley Scott disse...

Oie Flavinha :)!

Passando por aqui de novo, mas dessa vez é pra dizer que tem selinho pra vc lá no blog! Bjos!

Link : http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/#axzz1SRoay74A

Jamile disse...

Obrigada!!! Oi Flávia, passo sempre pelo blog mas nunca deixei um comentário. Seu post foi realmente especial, me deu esperanças que as coisas vão melhorar e que a fé tem que ser inabalável. Lembrei de um gatinho que tive, um filho adotado, que já se foi, mas me acompanhou em períodos difíceis e uns podem não acreditar, mas ele sabia qdo eu estava triste e não saia do meu lado; sei bem o que seus gatinhos, lindos, representam. Obrigada novamente! Abraço Jamile

Toque de Elegância disse...

Oi Fla, saudades..vc sempre muito especial e franca nas suas palavras. Adoro ler os seus post e este nao seria diferente..li todo e me emocionei muito. Passei por uma fase muito dificil tbm e por este motivo estive ausente do blog por 6 meses. Coloquei ate um post la esclarendo o motivo da ausencia. Assim que puder gostaria que desse uma passadinha por la.
Olha eu acredito muito que tudo tem a hora certa de acontecer e muitas vezes nao damos atencao aos sinais que Deus nos envia. Depois que li o post confesso que me senti mais forte para acreditar e ter paciencia de esperar para as coisas acontecerem. A impaciencia e a anciedade nos deixa triste e nao conseguimos ver coisas embora pequenas, mas que podem transformar a nossa vida. O fato de vc abrir o seu coracao e compartilhar conosco te deixara mais forte do que vc ja eh. Te adimiro muito!!

Grande beijo..Giovana
http://toquedeelegancia.blogspot.com/

Patrícia Taconi disse...

Oi flávia!

Amei seu blog e já estou te seguindo. Sabe porque parecia que o padre falava só para você? Porque era Deus falando com você...Ele vai te capacitar e te dar as forças necessárias para enfrentar mais essa fase de sua vida, tenho certeza! E você ainda vai ter muitas bençãos pra contar pra gente aqui no blog. Quanto à Celeste e o Robinho...o que dizer...também tenho dois gatos aqui em casa e eles nos ensinam tanto! Eu nunca tinha tido gatos e há dois anos pegamos o Jacob, que foi a alegria da família! Há mais ou menos três meses apareceu a Juliet (abandonada e faminta!) e ficamos com ela também. Só que o Jacob tem muito ciúmes e dificuldade de aceitá-la, então estamos tentando adaptá-los (mas está difícil). Passei a amar gatos e com certeza é meu bicho preferido. Eles nos ensinam tanto, tanto...e da forma deles preenchem algo em nós...é lindo de ver! Um beijo Flávia, boa adaptação pra você! Que Deus abençõe muito vocês e os gatinhos....

Debys disse...

Oi Passei aqui para te deixar um abraco e um FELIZ DIA DO AMIGO, bjos!!!
Debys!!!

Elisama disse...

Lindo seu blog, quero te convidar para fazer uma visita no meu blog se gostar segui lá, desde já agradecida

http://elyhalves.blogspot.com/

Forte abraço
Atenciosamente Elisama
Feliz dia do Amigo ^^

Vel disse...

Olá Flávia,
Quando li esse post tive a mesma impressão que vc teve com o padre...esse post é pra mim...estou passando por muitas mudanças, é difícil sim, mas tem que passar e precisamos estar atenta aos sinais, as sincronicidades, é Deus agindo...
Que Deus te abençoe...
Bjs,
Vel

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Oi JAMILE! Tudo bem?
Cliquei no seu nome para retribuir a sua visita, mas não achei nenhum link para ter contato com você. Espero que volte aqui e veja este recadinho que estou deixando pra você.
Adorei seu comentário e fico feliz em ver que a minha vivência a ajudou de alguma maneira.
E quanto aos gatinhos, eles iluminam a vida!
Bjs

Vel disse...

Flávia,
Vc é um amor!
Adorei sua visita no meu blog,
Obrigada pelo carinho!
Bjs

Fabi a loba!!! disse...

Amiga linda... amei as palavras do Fernado Pessoa, acho que ele realmente estava descrevendo nossa amizade...rsrsrs

Nosso tempo juntas foi curto mas de qualidade, isso que interessa... sempre vou amar te encontrar mesmo que por algumas horas...

Uma amiga minha escreveu uma frase bem conhecida para algumas amigas (incluindo eu) e por minha vez a repasso para você...

"QUERO CHORAR O SEU CHORO, QUERO SORRIR SEU SORRISO... VALEU POR VOCÊ EXISTIR AMIGO..."

Te amo muito amiga... feliz dia do amigo...beijão

Mel disse...

Nossa Flavia,mes passado meu marido tbem ganhou de Deus dois gatinhos que esta mudando a vida dele(pra melhor ainda),depois eu conto isso no blog,fiquei impressionada com seu post,Deus protege viu,vc nunca vai ficar sozinha,a felicidade esta sempre ao nosso lado,é mesmo só questao de acha-la.
Muitos beijos

Jana disse...

Olha, eu to em uma semana que se pudesse eu dormiria até que meus problemas se acabassem...
Foi bom ler suas postagem....
Me deu um pouco de animo.... vou ler a postagem do gatinho....

BEijo e fica bem....

Cae Fernandes disse...

Oi Flavinha! Faz tempo que não passo aqui e fiquei entristecida por saber que vc não estava bem...(eu,nesses últimos 2 meses tive problemas de saúde, por isso dei uma sumida, também estava meio desanimada).Mas ao mesmo tempo fiquei feliz em saber que tenha superado tudo com um presente tão fofo e divino, os animaizinhos nos ensinam tanto, inclusive a ver a felicidade nas pequenas coisas, digo isso, porque ganhei um cão zinho há 6 meses e minha vida se transformou. Entendo você perfeitamente e torço muito prá que melhore a cada dia!!
Bjoooos

Palavras Vagabundas disse...

Flavia, a felicidae e a serenidade ás veze vêm de pequenas coisas. Parabéns por encontrar sinal de Deus em duas criaturinhas frágeis, que te deram força e alegria
bjs
Jussara

Lilian disse...

Também adotei três gatinhos recentemente e eles enriqueceram minha vida de uma forma indescritível. Pensei que fosse parar na primeira, mas não resisti. E acabou dando tudo muito certo. Cada um tem sua personalidade, um jeitinho diferente, todos afetuosos a sua maneira, ao contrário do estereótipo tão ventilado de que são frios e interesseiros.