29 de out de 2010

Selinho: "Blogueira Educada"

Novidade para as meninas!

Hoje recebi uma idéia muito bacana da querida Eli do blog "Simplesmente Eli" sobre bolar um selinho com um link direcionado à postagem: A Arte de Comentar nos Blogs.

Assim, vocês poderiam divulgar a postagem que mostra 15 situações diferentes sobre certos dilemas na hora de comentar no blog alheio, a fim de facilitar a vida de muita gente, principalmente as novatas.

Porém, enquanto pensava em como seria o visual do selo, tive a idéia de lançar uma campanha, a princípio, só para as blogueiras mulheres, pois 90% das visitas que recebo vem do público feminino. E também eu acho que mulher curte mais esse lance de selinho do que homem né? Claro que bons modos para comentar servem para os homens também, mas as mulheres adoram um selo, fala a verdade! rs

Proposta:
Bom, então a idéia é distribuir este selo para vocês que sempre me visitam e, a partir daí, vocês espalhariam para suas seguidoras..... e assim por diante.....
Mas o lance é sempre lembrá-las de colocar o link direcionado à postagem que citei acima, assim cada blogueira que recebesse o selinho teria como conhecer aquelas 15 dicas, que vocês mesmas me ajudaram a completar!

Ops!!
Gentennn, não quero passar a impressão de querer divulgar meu blog através de vocês não. Só queria espalhar a postagem porque vi que na net não tem muitos textos que falam sobre esse assunto detalhadamente.
Também seria uma forma de fazer as pessoas analisarem seus pontos fortes e fracos na hora de comentar.

Idéia de Divulgação:
A Eli deu a idéia de não só colocar o selinho no blog como postagem (com o tempo, a postagem vai ficando lá no final do blog), mas também fixo no blog de cada uma. Mas, é claro que isso é opcional tá???





Regrinha:

Oferecer às suas amigas blogueiras este selinho e pedir para elas colocarem o link da postagem que é este:
"A Arte de Comentar nos Blogs": http://flaviashiroma.blogspot.com/2010/10/porque-seus-comentarios-nao-sao.html
Ah! E pedir para elas informarem de quem recebeu o selinho.


Exemplo de texto para a postagem de vocês (podem copiar):
O intuito deste selo fixo de campanha "Blogueira Educada" é promover a harmonia na blogosfera. No nosso dia-a-dia é natural seguirmos alguns padrões de boa conduta pelo bem de uma convivência calorosa e sadia. No mundo virtual isso também pode ser feito. Vamos espalhar pelos quatro cantos que a educação deve existir também no mundo dos teclados e que o respeito às idéias de cada blog deve estar acima de tudo. (falar sobre o link)

28 de out de 2010

Brechó, um dilema para mim

Gente, brechó é um lance mal resolvido pra mim! rs
Vejo tanta gente viciada nessas lojinhas, comprando roupas, sapatos e acessórios usados com tanto prazer, que fico pensando porque não consigo me acostumar com essa idéia.

É evidente que num bom brechó tem roupas incríveis, bolsas de marca luxuosa, jóias raras, sapatos maravilhosos e até roupas usadas por celebridades. Através de bons brechós vocês poderão ter acesso a peças européias, modelos descolados e super originais, inclusive de época. São todas lavadas, bem cuidadas, etiquetadas e colocadas a venda com muito capricho, porém, nada disso me faz esquecer que são itens usados.

Olha o que acontece com a "sra. neura" aqui.
Por exemplo, se eu calçar um sapato usado vou ter a impressão de "pegar" o chulé ou a frieira do seu ex-dono. Não ri, é sério gente!
Se eu vestir uma blusa ou um casaco, terei medo de transpirar e fazer "aflorar" o odor do seu ex-dono.
Se eu comprar uma jóia ou um acessório também ficaria com aquela neura na questão da energia da pessoa que usou. Será que os objetos são capazes de transmitir energia negativa de pessoa para pessoa? hahaha.... Tá, parece loucura, mas acredito que não estou sozinha neste clubinho das "perseguidas" neam?!

Outra coisa: e se eu estiver usando uma calça ou um blazer de uma pessoa que morreu?
Imaginar que aquela linda cristaleira ou aquele belo sofá da loja de móveis usados (aqui no Japão tem muitas lojas de móveis usados) já pertenceu a um falecido, me dá uma coisa estranha.
Esse lance da pessoa ter morrido me incomoda. Como vou saber de onde veio cada peça? Se seu ex-dono era limpinho? etc...

Meu lado racional pode até dizer que não tem nada a ver, mas já tentei comprar cada coisa linda nessas lojas, mas nunca consegui. Na hora H amarelei!

26 de out de 2010

Sou seletiva sim

A cada dia que passa vejo muita gente exibindo perfis no Orkut com mais de 1.000 amigos, twitters com trocentos seguidores, facebooks com amigos do mundo inteiro, gente bonita e sorridente.

Postam fotos e mais fotos cheias de sorrisos onde estão cercadas de "amigos queridos". No entanto, a maioria não tem com quem contar naquele momento de mais profunda tristeza, mágoa ou solidão. A agenda do celular mostra uma lista enorme de amigos, desde a letra A até a Z, mas nem o Y é digno de ouvir seus mais profundos segredos e conflitos internos. De que adianta estar rodeada de colegas e dizer: "tenho muitos amigos"??

Nunca escondi de ninguém que sou extremamente seletiva e não sou uma pessoa de muitos amigos. A vida me fez assim, conhecemos tantas pessoas "duas caras" que, com o tempo, vamos nos fechando cada vez mais.
Também não tenho máscaras, por isso quem é meu amigo será para o resto da vida. Não sou fã de "quantidade" e sim "qualidade", assim, sempre que eu precisar acessar minha agenda de telefones, encontrarei amigos para ligar.... a maioria deles!

Uma pessoa que não tem muitos amigos não pode ser vista como pouco amada ou pouco querida.
Nós apenas selecionamos os nossos amigos da "bancada do coleguismo", assim como aprendemos a escolher as melhores frutas de uma bancada na quitanda.




Não é questão de exigência e também não estou dizendo que fulano é melhor que ciclano. Às vezes a química não rola e ponto final. Neste ano mesmo conheci pessoas que acreditava render uma puta amizade e não rolou! Em contrapartida, nem preciso dizer que fiz amizade com algumas que pensei serem chatinhas!

Mas, estou falando de amigos verdadeiros e não de colegas.
Os amigos são mais difíceis de se encontrar e vejo muita gente por aí dizendo que tem muitos amigos e vive depressivo, chorando por qualquer coisa. Na hora da solidão não liga para ninguém. Muito triste.

Tricô de Luxo!

Para quem não conhece, quero apresentar a marca Anteprima Plastiq de bolsas artesanais. Não se trata simplesmente de bolsas feitas à mão. São acessórios luxuosos, feitos individualmente e custam em torno de 2.000,00 reais dependendo do tamanho.


As bolsas são feitas a partir de entrelaces de fios sintéticos recicláveis encontrados na Itália pelo diretor de criação Ogino Izumi.



Desde 1998 a marca ANTEPRIMA vem conquistando o mundo com suas 50 lojas.
Vejam de perto o entrelace dos fios que forma a bolsa.





O segredo da Wirebag Anteprima está na união selada por artesãos altamente treinados, que dão vida a essas bolsas cintilantes com cabos de fio único italiano. Não há duas Wirebags Anteprima iguais no mundo! Cada uma carrega uma técnica única procurada por mulheres amantes da arte e do luxo.



A marca também traz outros acessórios que amamos! Confiram o site: Anteprima


Não são sapatilhas! São estojos!!! Bacana hein!

18 de out de 2010

Mac Fondue?

Isso mesmo! Mac de Mac Donald´s sim!
Eu experimentei um dos 4 novos lanches do Mac neste final de semana: o Mac Cheese Fondue. Chic hein?


Querem saber quais são os outros 3 sabores? Vamos lá....

Fotografei porque se só comentasse, ninguém acreditaria! kkk

Estou louca para experimentar o Mac Carbonara!!! Uhhuuu..... só no Japão mesmo! rsrs...

15 de out de 2010

A arte de comentar nos blogs

Oooii!! (não costumo postar textos grandes, mas neste caso foi necessário)

Sempre quis formular um texto completo (na medida do possível) com a ajuda dos meus amigos blogueiros para falar sobre uma questão um pouco delicada: "Qual seria a melhor forma de deixar um comentário ou retribuir uma visita?"
Baseada nos comentários que recebi durante alguns dias sobre este tema, resolvi que essa era a melhor hora de reformular o texto e incluir todas as sugestões, críticas e idéias.
Para não deixar esta postagem cansativa, pensei em escrever em tópicos.
Antes de ler, saiba que você não precisa concordar com tudo escrito aqui. Lembre-se de que esta postagem é uma junção de vários pontos de vista diferentes dos meus amigos blogueiros.

" ... Concordo com você, que faltam códigos de etiqueta para o mundo dos blogs...apesar que quando uma pessoa é educada, demonstra isso em qualquer ocasião, sem regras, né?" - Cae Fernandes

1) Não é legal receber um comentário que não é um comentário:
"Adorei seu blog. O meu é tal. Estou te seguindo. Se der, me segue também."
Acho que essa é a típica visitinha interesseira.
A pessoa só está ali no seu blog para tentar aumentar o número de seguidoras dela/dele.

"... isso de comentários "automáticos", tipo: "tô seguindo passa no meu" é horrível mesmo" - Erika Saab

" ... esse negócio de fazer propaganda para o próprio blog também acho um saco..." - Paty Chuchu

" ... detesto convites prá passar no blog e nenhum comentário sobre o post...eu nem retribuo a visita!!! rsrs" - Cae Fernandes

" ... não podemos generalizar ou julgar as pessoas... Se alguém deixa um recado assim.. me segue... eu vou lá e sigo.. que mal há nisso?" - Carla Pinheiro

" ... algumas pessoas sem noção,esse negócio de vir e escrever: "Adorei, passa no meu " é tão mau educado....sei lá, talvez a pessoa em questão não tenha tempo,então a dica é: então não entre e espere até uma horinha de folga...." - Wal Marques

" ... Odeio pessoas que deixam comentários no blog e pedem para vc passar para visitar o dela. Aí que não mesmo." - Ju Ferrer

2) Também não acho legal quando a pessoa escreve:
"Não concordo." - E não explica porque. Parece que teve preguiça.

" ... uma coisa me deixa super sem graça depois de passar minutos escrevendo um post e os comentários são vazios, principalmente quando peço uma opinião das leitoras, ou estou em dúvida e peço ajuda às blogueiras, daí vem os comentários "Você que sabe". Se eu soubesse não estaria pedindo opiniões, entende???" - A Noiva


3) Comentários extremamente curtos:
Comentários de uma só palavra são compreensíveis quando o blogueiro possui mais de 1.000 seguidores e, numa tentativa de dar atenção a todos, faz uma visitinha rápida a cada um que deixou um comentário no seu blog. Aí tudo bem. Imagina você ter que dar a atenção que você gostaria à cada um?? Não dá né?

"... eu não vejo por mal as pessoas que não lêem o post todo. Até porque a grande maioria trabalha, estuda, é mãe, mulher... e dedica um pequeno pedaço do seu tempo pra visitar os blogs queridos." - Camila do blog Desabafo

Massss, de vez enquando, não custa nada demonstrar uma atenção a mais a algumas blogueiras que tanto te visitam.

4) Meu texto não foi lido!
Acho indelicado quando a pessoa deixa um comentário onde, sem perceber, deixa transparecer que não leu tudo.
" ... esses dias aconteceu comigo como você citou, eu fiz um texto e a pessoa comentou algo nada a ver e eu pensei: "a que maravilha, nem se deu ao trabalho de ler!!!" - Déia Musso

" ... tem muita gente que não le o texto e sai falando besteira no blog..." - Nira

Existe um detalhe muito importante: se você fizer um texto GIGANTE, poucas pessoas terão tempo para ler até o final. Ninguém admite, mas é verdade.


5) Falta de Tempo
Se não tenho tempo, não vou fingir que li um texto que não li.
Se quero mandar um beijo, mas não posso ler a postagem naquele momento, sou sincera e aviso que depois voltarei com mais calma.
Ou simplesmente não faço nada. Passo no blog depois.
E peço desculpas quando volto a um blog que não visito há muito tempo. Pergunto como o blogueiro está e etc.

" ... Eu realmente queria poder dar atenção a todo mundo que passa no meu blog, mas infelizmente, por mais que eu não trabalhe fora, tenho muitas outras coisas para fazer e dar a atenção devida a todas as pessoas que passam por lá é totalmente impossível. Gostaria muito, mas não dá." - Maitê

" ... uma das coisas mais chatas que aprendi nessa vida de blogueira é isso: gente que não reconhece às vezes o tempo que você levou lendo sua postagem, o tempo que vc levou pra escrever seu comentario essas coisas, e simplesmente não retornam todo aquele carinho que você dedicou no coment pra ele..." - Suellen

6) Empatia Virtual
Acho que todos os blogueiros deveriam se colocar no lugar do outro blogueiro e perceber que ninguém gosta de mensagens vazias. Normalmente, levamos em média 40 minutos para terminar um texto, no mínimo. Claro que ficamos ansiosos para ler o que os nossos amigos acharam. Todos ficam.

Eu, particularmente, faço questão de retribuir (mesmo se demorar uma semana) todos os comentários dos blogueiros que demonstram o mínimo de interesse pelo que escrevo. Afinal, quem comenta, muitas vezes também perde um tempão e acaba desabafando ou filosofando em cima das suas idéias. Tem também aqueles comentários super enriquecedores que nos faz pensar: "Nossa! Como não pensei nisso antes?? Bacana!!"
São palavras pensadas e não vomitadas. São palavras inteligentes que nos fazem enxergar o nosso ponto de vista sob um outro ângulo. Pelo que pesquisei, a maioria dos blogueiros mantém um blog a fim de SOMAR ou trocar experiências. Caso contrário, fariam um diário num caderninho e o guardariam na sua gaveta em casa.


7) Apresentação:
Saber se apresentar adequadamente em um blog que você acessando pela primeira vez faz TODA a diferença. Dicas: diga seu nome, o nome do seu blog, como você chegou ao blog novo, o que o chamou a atenção neste blog, que quer começar a trocar idéias e experiências, elogie (se for de coração), etc.... Enfim, aja como se fosse o início de uma amizade normal e não virtual. Aos poucos a amizade vai sendo construída e, com o tempo, os encontrinhos acontecerão e você poderá ganhar novos amigos! Vale a pena.


8) Sorteios
Tudo bem! Todas gostamos (principalmente as mulheres) de sorteios e promoções, mas não curtimos muito esse lance de uma pessoa entrar SÓ para avisar sobre o sorteio. É muito estranho. Eu não costumo retribuir esse tipo de visita não.


9) Ignorar um Comentário
Retribuir um comentário demonstra que você tem a intenção de interagir na blogosfera.
Todos nós temos a livre escolha de retribuir ou não. Ninguém é obrigado a nada na internet. Até porque cada pessoa montou seu blog com objetivos diferentes.
Não existe uma regra específica, nem certo ou errado. Vai muito do bom senso de cada um.
Se você não interagir com outros blogueiros talvez isso faça com que certas pessoas percam o interesse pelo seu blog com o tempo.

" ... Se foi no blog e não gostou não precisa seguir, mas ignorar um seguidor ou visitante é demais." - Mi Satake

" ... Gentileza gera gentileza e com o tempo vamos percebendo também que alguns blogueiros não são gentis, mesmo quando você deixa um comentário educado. Eu sempre visitava um blog, deixava o comentário, participava e nada, a pessoa não ia nem agradecer a visita." - Mi Satake

" ... Existe uma pessoa que eu acompanho há muito tempo, em todos os seus posts eu fazia um comentário e ela nunca retornou. Agora, cansei, não comento mais nada." - Maria Célia


" ... Claro que se eu comento, uma duas três vezes e a pessoa nunca retribui eu simplesmente paro de comentar." - Juh**


" ... Agora me chateia um pouco, digamos assim, vc estar sempre presente no blog de alguém e ela na maior cara de pau ficar se achando e nada de fazer uma visitinha no seu..." - Sandrinha


" ... Sigo um blog que realmente gosto do conteúdo e sempre deixo recadinhos e a pessoa nunca retribui. Daí fui dar uma verificada se ela respondia os outros comentários, de repente ela é super ocupada e tal, mas lá estava ela, sempre muito simpática com os outros. Cheguei a conclusão que ela não vai com a minha cara...rsrs" - Lílian Amorim


10) Panelinhas!
Quanto mais tempo tenho de blog, mais percebo coisas novas, às vezes não muito legais.
Não citarei nomes aqui, mas já tentei me enturmar em 2 blogs de acessórios (um de bolsa e outro de brechó) e me senti excluída. Essas blogueiras só davam uma maior atenção às blogueiras mais antigas e aquelas que eram clientes, que compravam seus produtos e/ou visitavam sua loja.
Achei muito estranho isso e me pergunto: Porque deixar o blog aberto ao público então? Porque não fecha logo o blog só para as blogueiras vips???? Ora bolas!!!


11) Falta de Experiência ou Interesse?
Olha que bacana a observação da nossa querida amiga blogueira Giovana do blog Toque de Elegância:

" ... Devo apenas enfatizar que o mundo virtual, por ser complexo, muitas vezes as pessoas são mal interpretadas... acredito que a nossa psicologia falha. Portanto, a minha dica é analisar se a pessoa que escreveu é blogueira iniciante ou apenas uma interesseira sem sentimento que deseja apenas que você a siga. Nao devemos deixar que o mundo virtual nos tire o sentimento, o carinho e o respeito ao próximo... portanto acredito que a originalidade seja a melhor pedida para administrar um blog e manter amigos." - Giovana


" ... notava que muitas vezes as pessoas somente apareciam no blog para buscarem "audiência" no delas, sem dar a mínima atenção para o que eu escrevia e isso me deixava muito triste." - Michelle Nazar 


12) Onde responder??
Talvez essa seja a dúvida campeã das blogueiras! Quem tocou neste assunto foi a Eli.
Responder a um comentário no meu próprio blog ou ir ao blog de quem comentou e responder lá?

Bom, no meu caso, eu vou direto no blog de quem comentou e divido meu comentário em duas partes: comento sobre a postagem dele/dela e logo em seguida escrevo sobre o comentário que ele/ela deixou no meu blog - é simples. Dependendo do assunto e dependendo do comentário que a pessoa deixou no meu blog, respondo no meu blog também porque talvez a minha resposta seja importante para complementar o raciocínio. E tem muita gente que volta na parte dos comentários do meu blog para continuar lendo as opiniões alheias. Mas, é claro que a gente faz isso com tempo. Vc acredita que tem dia que entro no blog só para responder a 1 ou 2 comentários e já saio? rs... é o lance da qualidade."

13) Comentários "Ctrl C" e "Ctrl V"
A Jane tocou num ponto super bacana. Olha só:

" ... Uma coisa que já aconteceu comigo e eu achei muito chato foi receber um comentário assim: "Adorei seu blog, vc tem muito bom gosto, escreve bem... etc.. etc... Depois vou comentar em outros blogs e vejo o mesmo comentário dessa pessoa. Ou seja, escreveu, copiou e colou pra várias pessoas, com o intuito de ganhar visitas, leitores, seguidores. Elogios falsos, sob meu ponto de vista. Péssimo! - Jane


14) Anônimos
Bom, se você deixa a opção "Postar como Anônimo" no seu blog não pode reclamar se alguém ofender ou lhe pôr para baixo. Todos sabemos que a maioria das pessoas que se escondem atrás de um tal de "anônimo" tem a intenção de escrever algo que talvez você não vai gostar; ou simplesmente porque o visitante não tem conta no Google mesmo e depois acaba se identificando no final do comentário.

"... só não curto os comentários destrutivos de algumas pessoas que só aparecem pra atacar o blogueiros gratuitamente" - Hidemi


" ... Tb me irritam muito os comentários de anônimos, que corrigem algum erro na sua escrita, criticam ou fazem alguma pergunta de forma deselegante, fazendo uso do anonimato." - Jane


" ... Tenho recebido alguns anônimos muito irritantes com links de poker... uns em inglês estranhíssimos! Não gostaria de tirar essa opção (anônimo) dos comentários, mas se isso continuar, não vejo outra opção,  já que denunciei como Spam algumas vezes!!" - Tati


15) Novatos
Amigos, vamos parar para pensar que os blogueiros (incluindo homens e mulheres) novatos, ou seja, aqueles que estão começando um blog, que não têm seguidores nem muitas postagens, são os que mais precisam de retribuições e indicações (se você gostar, é claro!).
Porque ignorar um novato? Você acha que eles, um dia, não poderão chegar ao milésimo seguidor? O número de seguidores é realmente o que determina a qualidade do blog? Será?
Vamos incentivar os novos blogueiros deixando comentários bacanas, interagindo e indicando aos nossos amigos. Mas, claro que tudo isso de coração, se você realmente gostar do blog.

"... cada um tem o seu jeito de blogar, não nos cabe aqui julgar ninguém, entretanto, se todos nós nos tratarmos com mais carinho, afeto, atenção e principalmente, educação, ficará mais prazeroso blogar." - Sueli Gallacci

****
Bom pessoal, eu quero frizar aqui que nada foi pessoal. Somente tentei reunir alguns pontos de vista para ajudar de alguma maneira na interatividade entre nós mesmos!!
Ao final de tudo isso, estou quase concluindo que fazer amizade no mundo virtual requer o mínimo de educação e consideração porque, por trás de cada blog está um ser humano, uma pessoa de carne e osso que pode estar precisando de uma palavra amiga, de um apoio ou, simplesmente de um amigo. Pensemos nisso.

Tem muitos blogueiros assim: Só esperando comentários! rsrs


Este texto está protegido
Protected by Copyscape Duplicate Content Tool


Clique aqui para postar o nosso selo da campanha no seu blog. Obrigada!

13 de out de 2010

Decisões Inteligentes

Recebi um e-mail de uma amiga que não via há muito tempo.
E, em uma das suas frases, ela disse que sofria a dor da separação.
Mesmo sem vê-la durante tantos anos, pude me colocar por alguns instantes no seu lugar e sentir a sua dor.

Tive a sorte de me casar com um homem maravilhoso, amoroso e fiel aos nossos votos do casamento, porém, não posso negar que, como milhares de mulheres de carne e osso, também sofri bastante com alguns relacionamentos anteriores. Me lembro que era uma dor que chegava a ser física. Sabe quando você realmente sente o coração (órgão) doer mesmo? Me deu falta de ar, emagreci, quase perdi meu emprego e só chorava.

Como a maioria das mulheres "normais" neste mundo, pensava que nunca mais encontraria um homem como aquele e, acreditem, eu era convicta disso. Vê se pode? rs... Hoje, muito bem resolvida afetivamente, me recordo desses momentos e tenho algumas explicações que a vida me ensinou a enxergar.

Me lembro que comecei a "sofrer por amor" (se é que aquilo era amor!) na adolescencia.
Hoje vejo que a pouca idade associada a nenhuma experiência de vida não nos permite enxergar os problemas como eles devem ser vistos. É como se não tivéssemos condições ou bagagem suficiente para lidar com as dores da vida. Então, os problemas chegavam e eu simplesmente sentia a dor sem saber o que fazer.

Era a emoção acima da razão. Hoje, com um pouco mais de experiência nesta maravilhosa vida que Deus me deu, posso dizer que em muitas situações sobreponho (aprendi na marra) a razão à emoção. Isso facilita muito as coisas. Claro que hoje não tenho mais esse tipo de problema (dores de amor, sentimentalismos, etc...), mas o que eu disse acima não serve só para as coisas do coração não. Serve para tudo na vida.

Isso não quer dizer que devemos deixar a emoção de lado. O que estou tentando dizer é que, em momentos de decisões importantes (sofrer ou não sofrer, viajar ou não viajar, casar ou não casar,...) devemos colocar a razão em uma porcentagem maior a emoção.

Ouvi dizer que essa é a pura inteligência humana: agir com a razão em momentos decisivos das nossas vidas. Assim, a chance de você errar diminui, consequentemente, a chance de você sofrer depois também diminui.


11 de out de 2010

Só love no Trem Bala

Como sempre passear com o maridão é muito bom. De mãos dadas, rindo, conversando e observando a paisagem, chegamos à Nagoya de Shinkansen ou Trem Bala! Não é muito mais caro do que o trem comum e gastamos metade do tempo para chegar ao destino. O que mais gosto nesse trem é que faz lembrar bastante o interior de um avião. Até atendente servindo bebidas tem, mas não tive a idéia de tirar uma foto dela na hora.





Chegamos na cidade de Nagoya. Na verdade o maridão tinha uma reunião por lá e é claro que fiquei no shopping passeando e gastando esperando por ele! rs... Lá mesmo na estação tem um super shopping, o Matsuzakaya. Na verdade, não o frequento muito, mas quando estou lá fico maluca com tantas lojas lindas!

Interior do shopping


Tá! Babei em todas as lojas, principalmente no andar dos cosméticos e maquiagem, mas no subsolo eu confesso que fiquei tontinha com tantas opções de doces e bolos. Pela primeira vez desci naquele "andar delicioso" para levar algum docinho pra casa e olha só que loucura! Quantas opções! Aliás, quanta maldade! rs

Eterna Godiva... maravilhosos chocolates.... mas desta vez fiquei só no olhômetro.

Após esta foto, fui "obrigada" a comprar um cheese cake porque a vendedora já estava olhando torto pra mim de tantas fotos que estava tirando! kkk

E aí?? Qual escolher??

Essas são as balinhas de goma, muito macias. Uma delícia!

Quiosque dos Macarons ou Maccarones, doces de confeitaria a base de pasta de amêndoa. Comprei alguns para experimentar e adorei!

Voltando após um passeio adorável.

Bom, meu marido já estava comigo quando partimos de volta à nossa cidade, mas como a parada do shinkansen é rápida, só deu para eu sair na foto. Independente de shopping, de fotos e tudo mais, o que mais amei foi estar juntinho dele no trajeto ida e volta. Só love......

Assuntos Relacionados:
Meu feriadão tá acabando
Ontem foi domingo. Hoje também.
Muffins e Cupcakes são a mesma coisa?

3 de out de 2010

Matando um leão por dia

Este é o termo usado quando queremos dizer que o nosso dia-a-dia não é fácil, é cheio de lutas, obstáculos e muito trabalho.


Amanhã é segunda-feira e milhares de pessoas, logo pela manhã, já começarão a matança!
Matar um leão por dia é o que muita gente faz para garantir o sustento da sua família, conquistar um sonho ainda não realizado, resolver assuntos familiares pendentes, etc.

Cada um de nós mata um leão diferente, uns maiores, outros nem tanto. Alguns desses leões ferozes já são previsíveis, já sabemos de antemão que eles estarão ali, nos esperando durante a semana para tentar nos atacar, nos ferir, nos derrubar, nos devorar, nos fazer pensar em desistir de tudo. Pode não parecer, mas esses são os mais fáceis de contra atacar. Tudo que é previsível é mais fácil lidar. São os problemas "velhos de casa".

Porém, devemos nos preparar para matar os novos leões da vida, os desconhecidos, aqueles que surgirão em lugares ineperados, marcarados e de surpresa. Normalmente carregam problemas pelos quais nunca passamos antes, uma experência difícil e inédita. Neste caso, talvez a sua arma não funcione. Então, pense rápido e mate-o assim mesmo.

Nesta nova semana que se aproxima quero desejar muita força, determinação e saúde para enfrentarmos quantos leões forem necessários. Mas, atenção.

Existem leões que não devem ser contra atacados e sim domados! Lidar com as dificuldades do cotidiano com sabedoria, e não simplesmente eliminá-las, nos enriquece para a próxima batalha.

Aprenda a diferenciar os problemas que devem ser eliminados, daqueles que devem ser contornados. Não sabe como lidar com isso? Ah, não se preocupe. A vida lhe ensinará. A propósito, você está preparado para matar quantos leões nesta semana?


Assuntos Relacionados:

2 de out de 2010

Esmaltes do fim de semana: Chanel, Bourjois e O.P.I

Olá tchurminha! Hoje eu estou muito feliz. Meu marido teve que ir à Nagoya a trabalho e me chamou para ir junto a fim de lhe fazer companhia na viagem, detalhe: de trem bala!! Uhhuu!! Ainda nesta semana postarei as fotos do nosso passeio.
Fiquei tão inspirada que fiz as unhas ontem a noite (sexta-feira) e já fiz de novo hoje (sábado a tarde) porque comprei um novo esmalte: um O.P.I.

Bom, na sexta-feira a noite eu passei o Bourjois por cima do Chanel, seguido do Top Coat (secante rápido) como está na foto:




Hoje mesmo já estreei o meu O.P.I com brilho. Eu sempre ouvi comentários sobre essa marca, mas mesmo no Japão não é fácil encontrá-lo. Não resisti e comprei este hoje, a cor é prata (cintilante):



Então tive a idéia de mostrar como ficou pintando a unha inteira, passando por cima do Paris da Risqué.....

Não vejo a hora de mostrar as fotos do nosso dia de hoje.... estávamos tão felizes juntinhos!!!! Muito bomm!!

1 de out de 2010

Cartas para Julieta

Hoje quero recomendar um filme lindo a todas as blogueiras apaixonadas ou que estão em busca de um grande amor.

Cartas para Julieta é um filme que mostra a determinação de Claire que, após 50 anos, decide reencontrar o grande amor da sua vida graças a uma carta que recebeu de Sophie, uma das secretárias da Julieta.

A peça "Romeu e Julieta" de William Shakespeare é uma das maiores tragédias românticas da história literária, por isso na cidade de Verona, Itália, milhares de mulheres a procura de um amor, deixam suas cartas para Julieta e todas são respondidas até hoje. Menos uma.

Minha opinião: este filme nos faz pensar no quanto podemos acreditar que o destino existe. Muitas vezes fazemos planos e coisas diferentes acontecem, para melhor! Vocês conhecerão duas lindas histórias de amor num só filme. Será que os acasos da vida nos unem à nossa alma gêmea ou será que já estava escrito que seria assim? Você acredita em destino? Também fiquei fascinada pelas paisagens lindíssimas de Verona. Este filme, eu recomendo.

Indico a todos vocês este completíssimo texto elaborado pela querida Maitê do Blog "Meus Momentos".
Acesse: http://momentosdate.blogspot.com/2010/11/cartas-para-julieta.html


Filmes que Recomendo:
As Pontes de Madison - o filme da minha vida!
Simplesmente Feliz
O Encontro Perfeito