23 de dez de 2010

O Natal está chegando? Nem parece.

Escrevi esta postagem um milhão de vezes.
Não estou muito legal.
Nesta época do ano, a saudade da família triplica!
Me sinto isolada.
Aí fico escrevendo que no Japão o Natal é sem sal, piriri pororó...... não é justo. Escrevi e paguei muitas vezes, estou aqui há mais de uma hora.
Amo este país que me acolheu tão bem e não seria justo criticar sua forma fria e comercial de lidar com as datas que são importantes para os brasileiros e não para eles. É uma questão religiosa e cultural.

Bom, mas me restringindo somente à mim, sinto tanta saudade daquela correria de fim de ano, sacolaiada pra lá e pra cá, a gente saindo mais cedo do trabalho pra tomar um banho e vestir roupas novas, sandália nova, todos ansiosos pela ceia, pelas trocas do presentes!!!!! Aiai..... Essas coisas não tem preço. São uma delícia!! E assim que termina a ceia, já começamos a nos organizar para a passagem do ano!!!

Me sinto muito confusa quanto aos meus sentimentos neste Natal: ao mesmo tempo que estou desanimada, triste, saudosa e sensível, também me sinto ansiosa e feliz por imaginar que passarei o Natal ou uma pequena parte dele com o meu marido, a melhor pessoa do mundo pra mim e a única com quem posso contar hoje neste país tããão distante de vocês.

Já comprei o presente dele e sei que ele comprou o meu (não sei o que é). Vou fazer uma escova no cabelo e sairemos para almoçar ou jantar no dia 26 (domingo)! Sei que será mais um dia muito especial em nossas vidas, mas mesmo assim uma lacuna permanecerá presente nos nossos corações ali bem no cantinho do peito nos incomodando: a saudade da família.

Gostaria de pedir que valorizassem cada minuto ao lado dos seus familiares sempre!!! E, principalmente, na noite do dia 24. Vocês terão a chance de estarem perto de pessoas, que apesar de todos os defeitos, que os amam verdadeiramente. Existe hipocrisia? Sim, pode até existir. Família não é perfeita em lugar nenhum. Mas a hipocrisia não é pior que estar longe de todos de uma vez só.


Leiam também:
Será que hoje é Natal mesmo? (2009)

40 comentários:

Greyce disse...

Oi, Flavia! nem preciso falar que me identifiquei, né?
Mas vou fazer uma micro ceia para dois mesmo assim :)
beijinhos

Flávia Souza disse...

Ai Flávia, imagino a sua angústia de ter que passar a noite de Natal sozinha. Mas o importante é não deixar que o espírito dessa época morra em seu coração.

bj gde,

Flávia
www.conexaoflavia.blogspot.com

cintia disse...

Saudade sempre ta presente, ne? Adorei o post. Feliz Natal e aproveite o maridao.

Beijos!

Adriana Alencar disse...

Querida amiga, eu lhe entendo perfeitamente, pois estou longe de toda a minha família também e sei o quanto isso é duro. Felizmente, aqui se comemora o Natal, mas não é como no Brasil, onde é verão e tudo é mais colorido e alegre. Paciência, o importante é curtir quem está ao nosso lado e agradecer por tê-lo (no seu caso o seu marido) e pensar que viver no exterior também pode ter as suas compensações como aprender uma nova cultura e fazer mais amigos.
Desejo que esse Natal seja excelente ao lado do seu marido e que vocês possam passar os próximos no Brasil, junto das demais pessoas que amam.
Muito obrigada pelo carinho lá no blog, você é mesmo uma pessoa muito especial!
Um beijo carinhoso,
Adri

Eli disse...

Cada ano que passa, sinto o Natal como mais uma data. Acho até que faço mais pelos meus filhos. Como é difícil ne? E lembrar que lá no Brasil o pessoal está no clima total de final de ano!
Aqui fica mais difícil por ter que trabalhar no dia, ne? Ja pensei em fazer uma festa e convidar os amigos, mas por não ser feriado, fica impossível.
Bom, pelo menos temos nosso lar e família (mesmo pequena) para juntos comemorar!
Flávia, um Feliz Natal para vocês!
bjos

Adriano Silva disse...

O natal deixa a gente mesmo bobo...rs, saudade é algo que é muito gostoso, faz a gente valorizar mais .... beijao e feliz natal




http://morangosverdesmofados.blogspot.com/

Misturação - Ana Karla disse...

Ô Flávia é chato mesmo, mas faço que que no próximo você esteja bem juntinho dos seus.
Então, que 2011 seja próspero.
Xeros

diariodumapsi disse...

Ei Flávia!
Desejo que mesmo estando longe dos seus sinta daí nossa solidariedade, um dos principais sentimentos do natal.
Curta o natal ainda que a dois, pois seu marido também é sua família.
Feliz Natal!
Gd beijo

HEIDY MULHER QUE AMA disse...

AMIGAAAAAAAAAAAA!!!!!!
O mais importante nesse momento é estar perto de quem se ama!!!
Saudades sempre vai existir esteja onde estiver!!!
Nunca contentaremos o coração,pois sempre queremos mais,e nem tudo é possível...
Basta ser feliz e aproveitar cada momento que o destino nos privilegiou!!!
FELIZZZZZZZZ NATALLLLLLLLLLLLLLLLLLL AMIGAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!
BJSSSSSSSSSSSSSSSSS

Tuka Siqueira disse...

Você tem razão Flávia, aguentar um ou dois hipócritas é melhor que ficar longe de todos de uma vez só. Também passo o Natal longe dos meus, embora passe com a família do meu marido, mas não é mesma coisa e nunca será. Fico borocoxô também nessa época, principalmente este ano que a grana tá tão curta que nem vai dar pra comprar presentes nem pras crianças.
Mas é Natal, seja como for que a gente comemore, o importante é lembrarmos do "aniversariante" o homenageado do dia e incorporarmos o seu espírito de amor e partilha.

Que o seu Natal, embora distante da família seja muito bom, que a companhia e o amor do teu marido seja bastante para encher o teu coração de calor e alegria.

Obrigada por fazer parte da minha vida durante este ano.

Felicidades!

Beijos

Silvia disse...

Ai menina.... (vou te bater, viu?)
Li o post quase todo irredutíve. Estava quase me oferecendo para trocar de país com vc e seu esposo nesse dia. Mas os dois últimos versos, molharam meus olhos.
Como eu disse no Blog do Alexandre Mauj, não comemoro mais o Natal como fazia há anos atrás, não vejo mais aquela graça. E, sim, acho que rola muita hipocrisia, principalmente, em família.
Mas, meu filho amado, é um ser especial para quem olho com imenso carinho, e desmedido amor, o ano todo. E minha mãe e irmão, que apesar de qq desavença eu sou leal ao extremo, mas, confesso, não consigo sentir o mesmo pelo meu pai... Então, talvez por essa razão, não sei. Prefiro passar sozinha ou como um dia normal, sem essa de abraços a meia noite... Pra mim, é sem sentido...

Mas, quero desejar que o seu Natal seja lindo e encantado...

Beijos

Silvia disse...

ops irredutível...

Cae Fernandes disse...

Que bom que você tem um lindo amor do seu lado prá te dar a mão!!! Fique em paz e seja muiiiiiito feliz!!! Foi lindo te conhecer nesse ano que passou! Obrigada pelo carinho e pelas palavras sempre doces!
Bjoooos

Juliana Galante Magalhães disse...

Ai Flávia!
meu coração ficou apertadinho e ao mesmo tempo te admiro ainda mais por parar, pensar e não criticar o país que te acolheu por todo esse tempo. Você realmente é um encanto de "menina"!
E obrigada... obrigada por me lembrar e ser obrigada a concordar com vc... melhor a hipocrisia de alguns instantes, do que não tê-los!
Beijo no seu coração querida
Juju

disse...

Olá Flávia! Minha reunião aqui no Brasil será bem pequena também, eu, marido, filhos e sogra. Meus pais não curtem muito Natal, também acham que é somente uam data comercial. Mas com certeza aproveitarei muito com eles e desejarei muito que meus pais fiquem bem lá em SP (estou na praia), e ligarei para eles! Bjinhos e um ótimo Natal e um 2011 repleto de realizações.

Um espaço pra chamar de meu disse...

É preciso valorizar o q temos,a confusão dos presentes,a confusão de quem vai levar o q p/a ceia,o amigo oculto q sempre demora e por aí vai.
Desejo um feliz natal,cheio de paz e felicidade,mesmo na distância,que seu coração possa ser preenchido pelas lembranças e memórias boas,pelo menos vc tem o Mô,rsrsrs.Q 2011 chegue cheio de coisas novas e boas.Fique com Deus!!!

Ah!Meu marido tbém escreve pouco p/mim,fico seca esperando um cartão ou uma carta, é coisa de homem mesmo,são mais práticos e diretos...Como vc eu tbém sou pidona,tem que falar para eles saberem,né?
Bjs mil,querida!

Cafofo da Fran disse...

Oi Flávia
Florzinha ontem eu escrevi em uma postagem em meu blog que sinto falta dos natais de qnd eu era criança... Sinto falta pelo fato de que meu pai estava presente (já fazem 12 anos que ele faleceu e até hj sinto o msm vazio), lembro que minha mãe e ele decoravam a casa chamavam tds da familia para passar o natal conosco, sinto tanta falta disto. Agora estou morando no RJ com meu marido tbm penso nas mesmas coisas que vc... Me sinto triste por estar longe de minha mãe e meu irmão, mas ao msm tempo feliz por estar com meu marido. A familia dele esta morando aqui no RJ tbm, então não estaremos totalmente só, mas eu sinto meus sentimentos confusos assim cm vc... Flor isso que vc escreveu no final é a realidade... Tbm farei de suas as minhas palavras... Feliz Natal flor e qualquer coisa é só dar uma passadinha no Cafofo... Que vc e seu marido possam curtir muito este momento juntos e que vcs sejam felizes mesmo estando longe da familia... Bjussss

gigi disse...

Ola,Flavinha querida !!!!eu tambem me sinto igual a vc ,por essas e outras que eu prefiro esquecer que e natal!!mas nao fica triste nao penssa no ano que vem que vai ser tudo diferente e voce vai estar ao lado dos seus.bjs querida e feliz natal!!!!

Paula Li disse...

Oi Flavinha, pense que será o último Natal longe da sua família e que num piscar de olhos vocês estarão todos juntos novamente.
Eu não gosto da correria que ocorre nesta data e nem mesmo faço questão de uma roupa nova. Mas respeito muito os seus sentimentos e acho que desmereço a data porque posso estar junto da minha famíla sempre.
Vejo minha mãe TODOS os dias e nunca ficamos longe mais do que um final de semana.
P.S: eu te enviei um cartão de natal, mas pelo visto não chegará a tempo. Já faz 2 semanas que enviei e estou com medo de ter errado o endereço.
Queria tanto que você recebesse meu singelo carinho e se sentisse um pouquinho mais animada!
Te adoro,
bjs

Maria Célia disse...

Oi Flávia
Não posso imaginar sua situação, porque nunca morei longe da minha família.
Em datas especiais como esta sua angústia e solidão devem aumentar o dobro.
Ainda bem que você tem o seu marido,e vocês podem comemorar juntos
este momento tão importante pra nós brasileiros.
Desejo a vocês um natal com muito amor, união, cumplicidade, amizade e muita alegria.
Grande beijo.

Paty Chuchu disse...

ola querida,nossa vc escreveu tudo o que eu sinto nesta epoca.. FAMILIA ,principalmente da minha maezinha e da ceia de natal espetacular que ela fazia..snif..Natal na Alemanha tambem e´frio e eu nao estou falando do tempo nao..Cada um na sua casa,nao vem vizinho comprimentar,muito diferente..Eu faco aqui em casa um jantar bem especial,decoro a mesa,trocamos presente,ouvimos musicas natalinas mas o vazio fica..
Meu marido passou uma vez o Natal e ano novo no Brasil,e nem precisa dizer que ele adora,e´ festa,alegria,sol..ah sei la...Mas mesmo assim vou curtir meu natal com a minha familia e deselo a vc e o seu marido tudo de bom e um Natal abencoado..Beijos querida ..

Daniel Savio disse...

Mas menina, sei que para este natal não dá, mas por que não se programa para visitar o Brasil e os parente que ficaram aqui?

Fique com Deus, menina Flavia Shiroma.
Um abraço.

Carla Pinheiro disse...

Flavia minha miguinha

Fiquei com vontade de pegar vc no colo...
Olha.. aproveite seu maridão porque tem muita gente que nem isso tem.

Aproveito os que amo cada segundo da minha vida.

beijo enorme e um feliz natal.

• déia musso • disse...

Amiga,

Sinta-se abraçada aonde vc estiver!
Encare como despedida de datas comemorativas distante dos familiares,
porque ano que vem vc estará com a sacolaiada pra cima e pra baixo, e reclamando da confusão que é fazer comprar Natalinas! rs
Mas claro, feliz da vida!!!!

Deus abençõe cada segundo do seu Natal, da sua vida e que seu almoço com o marido seja maravilhoso!

Um abraço da família Musso a vc´s,
com todo nosso carinho, que é tão grande que chega até o Japão viu?! rs

Bezinhos nossos,
David, Déia e Nenê

Laninha disse...

Oi Flávia, sua família por aqui tbm deve sentir sua falta, então estarão ligados pela saudade nesta data...
Desejo a vc um feliz natal, na medida do possível, e que o próximo ano seja cheio de realizações.
bjs

Anna Thereza Di Maximo disse...

Flavia,
Eu te entendo em genero, numero e grau... Depois que tive filho essa melancolia e a falta da familia nas datas comemorativas ou eventos familiares me matam em pesnsar que a minha filho não está a desfrutar junto a eles...E por isso fujo para o Br nessa epoca porém sempre rola aquele sentimento melancolico da falta do Natal sem neve, mais prefiro sem comparações esta ao lado da minha familia apesar que na noite do revelion as 20 fará 2 anos que perdí meu pai e isso ficou marcado para o resto da minha vida essa data...Enfim, vamos tentando superar com o passar dos anos....

Super beijos da Espanha

http://balzaquieanna.blogspot.com

VaneZa disse...

Ô minha linda... com esse seu relato tão triste até me arrependi de ter falado sobre famílias hipócritas. Mas ó... eu também sei que nessa época todo mundo se reúne porque normalmente é férias e também tem o décimo terceiro que ajuda a pagar as passagens de quem tá longe... e que também têm famílias que aproveitam, sim, cada minutinho que passam juntos e não esperam somente essa época chegar para dizerem uns aos outros que os amam.

E você ponha um sorriso lindo nesse rosto mais lindo ainda e comemore por saber que sua família está presente em sua vida mesmo você estando do outro lado do mundo. Porque têm pessoas que tem a família do lado, mas vivem num mundo de máscaras e hipocriasia.

Ah! E esse Natal você vai receber um cartão do maridão, esqueceu? Não esquece de nos contar como foi.

BeijoZzz

Evelyn V. disse...

Querida Flávia.
Tenha um Feliz Natal, pois mesmo voce estando longe da sua família, voce tem o seu amada ao seu lado. Deus te concedeu um companheiro,em breve voce vai voltar.
Lembre-se que Deus está com voce, e tudo vai dar certo.

Beijos.

disse...

Oiee
Passando para desejar um grande natal e que 2011 seja perfeito!!!

Beijosss

Gisley Scott disse...

Vou com a Grayce, me indentifiquei tb.

Sinto falta da família tb e hj nós vamos sair para um restaurante e quem sabe pegar um cinema, mas não sabemos ainda. O que quero mesmo é que passamos um tempo meditando na Bíblia,temos um momento de reflexão sobre o Natal e cantar louvores. Quero implementar essa tradição cedo na minha filha, pois quando tivermos filhos, quero que eles sejam privilegiados da mesma maneira que eu fui pelos meus parentes.

Vou aproveitar o 24 hj, mesmo sendo só eu e o grings, embora não temos filhos,ainda somos a família Scott, e ele é minha família:) Tente aproveitar o máximo no 26, querida.A minha saudade não vai embora, mas eu decidi não deixar ela ditar como o meu dia vai ser.

Bjos!
Feliz Natal e sucesso em tudo

Camila* disse...

Flávia!
Feliz Natal!
Beijãoooo*

Grazi disse...

Ah, querida..eu sei o quanto é difícil. E mesmo com problemas familiares que sempre acontecem, é nessas horas que sentimos falta de coisas que antes nem nos pareciam importantes. Acho que, independente de alguém ser falso ou hipócrita com você, devemos ser nós mesmos. É assim que eu tento fazer, não só no Natal, como em todos os outros dias da minha vida. E assim seguimos a vida sem pirar...

Em todo o caso, eu sei que é uma data difícil pra você, mas espero de coração que tudo corra bem nesta data e em todas, e pensa que logo, logo você estará ao lado de todo mundo!!!

Beijão e fica bem!!!

Gi disse...

Oi amiga.
Pensa que no ano que vem, vai passar o seu natal com a sua família.

Desejo que Deus a ilumine mais e mais.
Mt obrigada pelo seu carinho e suas doces palavras.

Feliz natal amiga.

Beijos

Luziane Lima disse...

Está tudo uma correria por aqui rsrs.Mas estou passando rapidinho,para te desejar um natal maravilhoso.

Abraços,

luziane
www.de-sapatilha.blogspot.com

Ronda disse...

Oi Flávia,
A questão da religião deve mesmo fazer uma grande diferença na forma como se encara o Natal nos diversos países.

Espero que você possa aproveitar bem este natal com o seu marido. E que nos próximos natais você tenha oportunidades de comemorar com a família completa.

Feliz Natal!!

Caesar Moura disse...

Flavia, sei bem o que é esse paradoxo de sensações... Um dia te conto pq sei tão bem... Rs... Por isso, receba um abraço apertado do seu novo amigo aqui no Brasil... FELIZ NATAL para vc, seu marido e toda sua família!

Bárbara Matos disse...

Flávia minha amiga, Feliz Natal para você, tudo de bom, imensa felicidade e paz, mais amor ainda e sucesso. Grande beijo, Bárbara Matos de ela por ela (ela003.blogspot.com)

Luisa disse...

AHHH FLAVINHA
MESMO LENDO ESSE POST TRISTINHO
COM CHEIRINHO DE SAUDADE
QUERO TE DESEJAR UM FELIZ NATAL
A VC E SEU ESPOSO
Q JA SAO MTO ABENÇOADOS PQ SE AMAM E MTO!

ACHOQ BEM PIOR DO Q TUDO
SERIA ESTAR AÌ, COM SAUDADES DA FAMILIA E COM UM ESPOSO Q NAO LIGUE PROS SEUS SENTIMENTOS, NEM PRA NATAL NEM PRA NADA DO Q VC GOSTA E EU TENHO CERTEZA Q AMOR, VCS TEM DE SOBRA UM PELO OUTRO.

VAI BATER SAUDADE SIM, JA ESTA BATENDO NEH?
MAS O AMOR DE VCS VAI FICANDO CADA VEZ MAIS SOLIDO E FIRME, PQ VCS TEM UM AO OUTRO, E TAO LINDO ISSO!
BJOS PRA VCS.

CHUVA DE BENÇAO SOBRE SUAS VIDAS.

Suziley disse...

Minha querida amiga "secreta" Flávia:
Recebi a sua cartinha que me trouxe carinho, amizade e boas energias. É triste ficar longe da família. Mas, com certeza, eles estão contigo em pensamento, sentimento e oração. Estou, aqui, também pedindo ao Menino Jesus que lhe proteja, que abençõe você e seu marido, aí, no Japão. E que em breve retornem ao Brasil...hehe!! Obrigada pela cartinha, linda mesmo!! Um abençoado Natal e um Ano Novo com muita saúde e paz!! Fiquem com Deus!! Beijos, bom dia :)

Flávia - Compartilhando Idéias... disse...

Obrigada por TODOS os comentários, ou melhor, por todas as palavras de conforto e amizade!!
Eu estou tentando visitar todos os blogs para deixar uma mensagem, mas são muitos. Mesmo assim, gostaria de agradecer pelo carinho de sempre!!
Um grande abraço e Feliz Natal!!!!!