19 de nov de 2010

O "não"

Há um tempo venho reparando que todas as vezes que tenho que dizer NÃO a alguém, me sinto obrigada a justificar, nem que para isso eu tenha que inventar um motivo ou contar a verdade sobre alguma coisa pessoal da minha vida, só para não deixar a pessoa sem graça. Mas, na verdade quem fica sem graça sou eu por falar "não"! rsrs... que papo de doido! rs

Porque será que eu sempre tenho a sensação de que o ato de dizer "não" é indelicado?
Se alguém me chama para sair e eu não estou com vontade, eu digo que não posso, explico porque e faço aquela cara de "que pena que não posso ir!". Peço mil desculpas e chego a prometer que poderemos marcar um outro dia. Vixi, que nóia!!! kkk

Até para o meu chefe eu já fico mirabolando mil desculpas para dizer que não poderei trabalhar no sábado! Detalhe: ele não pergunta o motivo.
Entenderam?? Vejo tanta gente falando um simples "não" sem culpa..... porque sou assim? Noiada??

Sempre quero ser tão cordial que acabo sendo exagerada comigo mesma e "falsa" com quem me convidou, porque lá no fundo eu só queria dizer: "Não vai dar, obrigada pelo convite". Eu acho bacana quando alguém se justifica comigo quando tem que dizer não para mim. Mas, é um saco se justificar para os outros né? rsrs... Nóinhas!kkk

Será que dizer não realmente é desagradável e temos que ficar nos justificando? Estou certa ou errada? Vixi....

71 comentários:

Poliana Fonteles disse...

Eu sofro dessa mesma doença Flávia, a sindrome do não...rsrs...

Abraço com carinho!

Muito bom o texto!

Cris (Glossy House) disse...

É que nós vivemos numa sociedade repleta de "aparências" e o "não" não deixa de ser uma rejeição, seja à um convite, à um pedido, à um favor...É complicado pois essa simples palavrinha pode fazer com que alguém fique ressentido, ou com raiva, por isso todos nós temos a necessidade d enos explicar ao dizer um NÃmo!

Acontece com todo mundo, querida!

Beijos e bom final de semana

• déia musso • disse...

Oi amiga,

Eu aprendi a dizer não com bastante facilidade, mais confesso que já tive mais "medo" de as pessoas não gostarem.

Hoje penso no que eu quero um pouco mais, e se a pessoa gostar, gostou...se não gostar paciência, sabe?

A minha prioridade é minha felicidade e corto tudo que não me é bem vindo, a minha vida ultimamente só tem espaço pra coisas e pessoas boas.

Estava com saudades de vc no meu cantinho flor ;)

Bezinhos nossos

Deínha e Nenê ♥

Sandrinha disse...

Oi Flavinha!
Eu tbm sou assim.
Meu marido q fala q eu dou mta explicação ao invés de dizer logo q não quero e pronto!
Acho q fico sem graça;E com medo de ser indelicada acabo falando q vou ver e depois confirmo, e as vezes até invento uma mentirinha de leve p/ não dizer o NÃO de cara.
Tb acho legal me justificarem o NÃO.
P/ ser sincera, deve ter mta gente agindo assim como nós tá!
Não devemos entrar nesta neura!
Eu vou continuar agindo do memsmo jeito, tentando ser sempre afável.
Então.... td isto p/ dizer q na minha opinião vc tá certíssima!
Tenha um maravilhoso final de semana!
Beijinhos!!!

Evelyn V. disse...

Querida Flávia, como vai.
Acho que você não deveria ficar com culpa, diga não,agradeça o convite,e pronto.
Deus te abençõe,tenha um ótimo fim de semana.

Beijos.

Paula Li disse...

Oi Flavinha, também sou exatamente assim e as vezes sinto raiva de mim.
Lembra aquele post que fiz sobre o vendedor mal educado? Mesmo não tendo intenções de ficar com o plano de saúde, quis ser simpática e disse "não, mas quem sabe no futuro..."
E ele foi super grosseiro, mas ainda assim acredito em cultivar a delicadeza nas relações pessoais.
Não sei ser diferente e acho que temos mais a ganhar do que perder em cultivar a gentileza.
Bjs, te adoro.

neninkinha disse...

sou meio d lua,muitas das vezes digo não e acbo,ja outras fico dando desculpas! tb axo chato ficar c justificando mas enfim !!acho q sao pra pessoas q não quero magoar, será?hehehheh vou pesquisar isso em mim.

bejO querida

Misturação - Ana Karla disse...

Também sou assim. Não é nóia, não.
A delicadeza e a preocupação que nos acerca para com o próximo, nos faz ficar assim.
kkkkkkkk
Nóiada?!!!
Mas já estou aprendendo a dar "não" sem culpas.

Bom final de semana.

Xeros]

Tatiana disse...

É engraçado como para umas pessoas dizer nao é mais simples que para outras. Acho que é um treinamento.
Eu sempre justifiquei muito, nao queria magoar ninguem, ate conhecer meu marido...rs..que c#@$ga e anda para o que as pessoas vao pensar.Ele simplesmente diz que nao vai dar.
E eu aos poucos fui usando esse método e me acostumando.Continuo justificando de vez em quando,mas bem menos!!!
Flavia...acho que porque somos muito educadas..rs..ou será inseguras la no fundinho?...humm...
Adorei o tema,
Beijocas!!

Dê Freitas disse...

Oi Flávia...se você ver o meu post do selinho, que falo 9 coisas sobre mim, verá que sofro desse mesmo mal, rsrsrs.

bjs,

Nai disse...

Oi Flávita,

Adorei o novo layout do blog, ficou um charme!!!!
eu também tenho vergonha de dizer um simples não...
Entendo o que você diz.

Super beijus

Planejando Bebê disse...

Oi linda

Bom....acredito que pessoas com dificuldade pra receber um não, tb tem dificuldade pra dar...e vice-versa.
Como fui criada com vários "nãos", com limites, não tenho problema em dizer e tb recebo numa boa. Agora, meu esposo, não sabe falar não!!! Ele prefere passar por "tratante"...vai entender.

Bjs
Bom fim de semana!!

gigi disse...

Oi Fla,incrivel!!!!eu sou exatamnete assim ,nao conssigo dizer nao e quando nao tem jeito mesmo ,fico me justificando e fico ate com a conciencia pesada!!!!ve se pode .mas eu nao aprendo vivo levando nao ,e impressionate como tem pessoas que dizem nao sem do nem piedade o Gustavo meu filho mais velho vive me pedindo as coisas e eu nao sei falar nao .mas quando peco qualquer coisa pra ele por mais simples que seje ele solta um nao bem grande!!!!eu fico decpicionada !!!!mas fazer o que ne!!!bjs

Tati Pastorello disse...

Acho que as pessoas tem tanto medo de rejeição e o não parece indicar rejeição, aí a gente entra nessa, de "amenizar" as coisas. Esquisito mesmo, mas eu também sofro do mesmo mal! rsrs
Beijos.

Déborah Brito disse...

Também sou muuuuito noiada, muito mesmo. Sempre dei satisfações, e gosto quando me dão mas, incrivel que não gosto que mintam pra mim mas, acho ruim quando tenho que justificar a verdade quando não quero, claro que são aquelas mintirinhas bobas, do tipo "ai não vai dar, vou ter que fazer tal coisa" mas, na verdade não quero ir mesmo.
Enfim, não é nóia sua, ou então somos duas noiadas.

Beijão Flá

Le disse...

Flavia,
Quem escreveu isso? eu ou voce?rsrsrsr ai, entendo bem o que voce esta dizendo. Voce simplesmente me descreveu nesse post! Tambem queria saber dizer so um nao! Beijos

Babi Zuza disse...

Oi Flávia..

Ah eu tb não gostou mto não de dizer "não" para as pessoas.. mas as vezes temos que dizer... e nem sempre eu justifico.. apenas digo: não vai dar... agora dependendo da cara da pessoa (reação em receber o não) dai justifico.. pq nem todo mundo precisa saber o que vamos fazer não é mesmo?? E tb não gosto de "criar" uma história pra justificar.. acho chato..

B-jinhos
Babi Zuza
www.babizuza.blogspot.com

Evelyne V. Nami disse...

Oi Flávia.

Eu digo não e tento não me justificar, para q ñ pareça falso, mesmo me sentido culpada.

Dizer não de verdade não é desagradável qndo estamos realmente dispostos a negar. Porque não existe nada pior do que aceitar algo q não queremos fazer ou aceitar.

Super bjos

http://i-likemovies.blogspot.com/

Thaís Alves disse...

Eu acho que depende, Flávia. Tem situações específicas que requerem justificativas, especialmente quando se trata de assuntos delicados que podem magoar alguém. Mas tem outras situações, que simplesmente, "não, eu não posso", ou "eu não quero", cabem muito bem e mostram de verdade quem você é. Porque alguém pode te oferecer uma comida que você não goste e depois voltar a te oferecer porque você disse: "Não, mais tarde". Quando você poderia simplesmente ter dito, ah, não desculpa, eu não gosto. Pronto, teria sido delicado e sincero, e ainda por cima daria a oportunidade da pessoa que queira te agradar, conseguir fazer isso de fato. Acho que o limite é ser educado e sensível, pode-se dizer não de muitas formas adoráveis e aceitáveis, sem ter que mentir. Muito bom o post, é uma discussão interessante :) Beijos!

Nira disse...

Concordo totalmente com a tais alves

Gisley Scott disse...

Dizer não é saudável, dear :)

Dizer não estabelece o limite de até onde a pessoa possa ir.Só acho necessário se justificar se foi uma coisa de última hora que aconteceu, que vc não teve controle de nenhum, pq essas coisas acontecem.


Dizer "não", não é indelicado.Vou te contar algo que acontece muito entre os sulistas aqui..isso não se refere à vc[pq não a conheço assim e acredito que esse não é o seu caso], mas algumas pessoas com as quais convivi na minha cidade.

Eles não querem desagradar a pessoa,e dizem sim só pra não posar de chato ou ficar mal na fita, mas aí fica na cara que a pessoa não tava afim entende?

Eu acho que isso é muito pior. Aqui no sul, eles tem o que eu chamo da falsa educação.Eles dizem as coisas só pra agradar, mas não dizem de coração...1000 vezes se dissessem não.

É sorrindo na frente, assim que a pessoa vira as costas, eles bufam.Eu acho isso 3x pior!De que adianta a falsa gentileza? É só uma máscara.

Agora, se vc diz não, e a pessoa força a barra, aí querida, o problema é com a pessoa e não com vc.

Bjos!

Patrícia Quel disse...

Flavia,
A momentos que temos q ser forte e dizer não sim... adorei seu texto!!
Bjs!!!

Nira disse...

Também vivo esse dilema!

Cae Fernandes disse...

Oi Flávia! Eu sempre justifico os meus nãos, mas isso não me incomodava...sei lá...será que vc botou sua nóia na minha cabecinha!!??? srrsrrsrrsrsr. Acho que isso é coisa de pessoas delicadas, nada de mais...acho que isso não se muda não! rsrsr. Vou pensar mais sobre o assunto...
Bjooos e bom fim de semana.

Thaís Alves disse...

Ah Flávia, desculpa ter voltado no mesmo post e não para falar dele. Mas só agora vi seu comentário no meu post diário de outro dia e vim aqui agradecer pela delicadeza das palavras. ;) Acho que deve ter opção pra ser avisada por e-mail qdo alguém comentar em algum post anterior né... vou procurar. Beijinhos!

lolipop disse...

Olá!
Já tinha vindo aqui antes, mas havia tantos comentários...que resolvi esperar por outra oportunidade para dizer que gostei do primeiro texto que li aqui e resolvi seguir.
Quanto ao não. acho que quase toda a gente sente como vc!
BEIJO

Yumi disse...

Oi Flavia!

só agora q vi teu coment no outro blog, desculpe pelo atraso...
mas achei super gentil viu?! Agradeço muito!

Sobre o falar não... eu falo muito mais agora pq estou com uma limitação de saude... talvez tenha até um pouco de excessos de sim alheios, fazendo o q os outros gostariam mas qdo não podia (ex, trabalhei até x hrs e fiquei cansada) q colaborou com isso...

acho q o equilibrio, ceder qdo possivel, dizer não qdo é além da sua capacidade, este seria o ideal... mas é bem dificil né...

bjs- otimo fds!

bianca g. disse...

E não tenho muitos problemas pra falar não, só quando vejo que o meu não realmente desapontou alguém. rs
Bjs

Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Oi Flávia!
Acho que como vc disse justificar é mesmo delicadeza, e procuramos fazer para os outros o que queremos que façam conosco. Mas concordo com vc, às vezes dá vontade de simplesmente dizer: Porque não estou a fim! Ou Não quero. ou simplesmente porque não!
Well.... mas acho legal sermos delicada..contudo com bons amigos podemos ser mais abertas né???
beijocas,
Mari

Elaine Gaissler disse...

Oi Flávia!
Olha, se vc está errada não sei dizer, pois faço o mesmo, é como se estivesse desconsiderando o convite, daí justifico mesmo quando não tenho interesse... Que tendência, hein?! rsrs
Mas acredito que isso revele sua delicadeza e empatia para com os outros, e isso é bom!
bjs

Trocando ideias - Espaço Mulher disse...

Confesso que tenho sérios problemas em dizer não para alguém, mas sei que preciso aprender!
Bjsss
Bom fim de semana!!!!!

disse...

Oi Flávia, que bom que você voltou a escrever!
Eu também tenho dificuldades para dizer não, também tenho necessidade de ficar me justificando, na verdade eu não gosto de magoar ninguém e por isso acabo dizendo sim na maioria das vezes. Mesmo que isso às vezes me obrigue a fazer alguma coisa que eu não queria. Porém, a maioria das pessoas que eu conheço não pensam como eu, sempre que não lhes convém fazer algo dizem não. Acho que eu deveria aprender com elas, mas não consigo. Bjinhos.

De tudo um pouco disse...

Flávia

meu caso ainda é pior:
Digo não..explico o não..e depois sinto culpa pelo não...
voce acredita nisso??rsrsrs


beijocas

Loisane

Gi disse...

Oi Flavinha.
Já sofri mais, mas agora digo NÃO de boa.
Beijos,
:D

Ronda disse...

Oi Flávia,
Se tem uma coisa que eu nunca peço, é explicação para uma pessoa quando ela me diz 'não'; talvez ela tenha uma boa razão, ou talvez tenha que inventar uma desculpa. Eu prefiro nem saber, a não ser que a pessoa queira falar. Acho que evita muito stress.
Da mesma forma, eu detesto quando alguém fica insistindo e querendo saber o motivo do meu 'não'.
Abraços!!

♥ Erika Saab disse...

Oi, Flávia, que bom que você está de volta!Comigo isso varia muito, se for amigo de verdade eu digo que não e falo o motivo real, tipo estar muito cansada, estar em outro clima, essas coisas, quando são pessoas pouco íntimas, eu justifico se houver o que ser justificado. Uma vez propuseram fazer um amigo secreto numa empresa que eu estava e eu disse que não queria participar porque achava que a equipe não estava no espírito da coisa (tinha passado o ano inteiro em conflitos e só no final do ano começaram a conseguir trabalhar juntos sem problemas, então achava prematuro este tipo de confraternização), nesse caso achei que valia à pena justificar porque outras pessoas poderiam se tocar rs. Para algumas coisas digo simplesmente não e pronto, por exemplo, se um rapaz pergunta a uma moça se ela quer ficar com ele e a resposta é negativa, acho que dispensa justificativas hahahah ou quando alguém quer verder rifas de final de ano na empresa, por exemplo rs

Eli disse...

Complicado ne?hahahah.
Mas te digo uma coisa: vai treinando pq os filhos vao cobrar uma resposta convincente do NAO!. rs.
Isso pode ser porque não queremos magoar a pessoa que está nos convidando. Ou para não nos sentirmos culpada.
Melhor assim do fazer a contragosto.

Blog de cara nova ne? Ficou muito bom! Fase nova, cara nova.rs.

Bjos e bom fim de semana!

Juh** disse...

Oi Flavia!!
Se tem uma coisa que tenho muuita dificuldade é exatamente isso, dizer não. Também tenho sempre que me justificar, mesmo quando a situação não necessita justificativa. E sofro viu, porque as pessoas acabam abusando.
Complicado neh
beijocas

Paty Chuchu disse...

Oi querida Flavia,nao podia de meter meu bedelho aqui ne?Menina,esse negocio de dizer nao e dificil mesmo..Qdo os alemaes dizem NAO eu fico surpresa com a facilidade deles,e´ um nao e basta!!Nao consigo ser assim,nao sei o que e melhor,mas sei la, prefiro dar um nao mais educadinho..kkk Beijos querida!!!

Daykerson disse...

O medo de ferir o próximo nos leva a estas justificativas para um simples não.
Achamos que, se dizemos que não podemos ir, estamos sendo compreendidos como se não quiséssemos ir.Até mesmo muitas respostas costumam começar assim: Não é que eu não queira ir...
Abraços e bom fim de semana!!!

disse...

Oi, Flávia!
Sempre dou uma espiadinha no seu blog, mas esse tema me animou a comentar!rs
Eu era exatamente assim. Cheguei a ganhar um livro ('Quando digo NÃO, me sinto culpado'). Confesso que ainda não estou 100% curada, mas hoje sinto que muitas vezes dizer 'não' para o outro significa dizer 'sim' para mim. Para as minhas necessidades, vontades e crescimento. E é esse o meu compromisso. Por mais que desejemos ajudar, cuidar e acarinhar o outro, nosso compromisso real é com a gente mesmo. Então posso te garantir, que falar 'não' e ficar bem é uma arte libertadora.
Bjs

Monike disse...

antes não falava não, agora falo com mais facilidade

bjs

Valéria Bernardo disse...

Menina pra eu dizer não é bem dificil tb, as vezes fico na justificativa e me sinto péssima depois.Vc já o filme Sim Senhor, ele diz sim pra tudo, tb é ruim.
bjk♥

Wlad Ivanski disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wlad Ivanski disse...

Olá Flávia,meu nome é Wlad e sou o marido da Eli que você já deve conhecer.
Já passei maus bocados também por não conseguir dizer não para as pessoas. Gosto muito de ser útil para as pessoas e chegar para alguém e dizer um não, é bem complicado.
Ainda mais quando você trabalha como responsável do pessoal (Tantousha)
Um grande abraço e muito sucesso.

Daniel Savio disse...

As vezes não é desculpa para ele, mas para si, para justicar para si própria porque não está fazendo aquilo...

Sei que cheguei há pouco, mas por que a escolha da palavra Shiroma para endereço do teu blog?

Fiquei curioso.

Fique com Deus, menina Flavia Shiroma.
Um abraço.

K∂riиє* Smith. disse...

E isso serve para pais e maes.
Falar nao da muito mais trabalho, desde sempre, educar eh dificil por isso dizer sim o tempo inteiro demanda menos energia, em comepnsacao as consequencias eh sempre gente insatisfeita...

Aislin Alana disse...

É sempre chato usar o não, pena que muitas X precisamos, "falsa" a algumas pessoas não pode ser levado em consideração, quando esta sendo sincera com você mesma.
É muito dificil agrdar a todos, isso é fato, então continue sendo fiel a vc e seja feliz.

O Blog tá um arraso!!!
BjinSSS!!!

Luziane Lima disse...

Eu também sou assim,aff!!E o ruim que a pessoa diz: ´"vamos marcar de sair nesse fim de semana" resposta:"vamos marcar sim".Aí nos encontramos de novo e é o mesmo papo kkkk

Mas as vezes é questão de organizar o tempo,tenho esperança de aceitar e no fim acabo em enrolando toda kkkk

Luzi,
www.de-sapatilha.blogspot.com

Apenas um lugar para ser disse...

Sobre isso eu tenho oq falar. P\ começar q eu nao sabia dizer 'nao'. Hj já nao é um grande problema p\ mim, mas eu tb tenho essa mania de me justificar, pois quero ser agradavel como tds, e isso reconheço q é desnecessario, oq procuro fazer é ser sincera nas minhas justificativas, tipo: 'nao.. nao to afim", sinto q sou mais eu, aquilo me deixa satisfeita, pois disse oq realmente sentia. Agora claro q as vezes a gente se sai com desculpinhas, é normal... Nem sempre cabe revelar o real motivo. Enfim, to procurado nao noiar tanto com isso, portanto, relaxa tb! =) bjs!

Camila* disse...

*Acredito que existem situações em que a gente precisa se justificar, situações mais formais por ex; agora tem outras em que você não precisa se justuficar, pq desta forma estará "dando muita abertura" para a outra pessoa em sua vida e depois para fechar essa porta dá trabalho...
Hehehe
Bjos*

Carla disse...

Eu identifico-me um bocadinho com o que escreves-te. Mas acho que acima de tudo é importante dizer não e não fazer coisas contrariados.
Eu só "aprendi" a dizer não depois de ter o meu filho! Abusaram tanto e desgastaram-me tanto que comecei a dizer não!
Beijinhos

Fernanda Caldas disse...

Fla, pra mim um dos maiores desafios é aprender a dizer não. Quando digo é sempre assim como vc descreve: vou dando um monte de justificativas. É fogo! Bjos, Nanda / http://ararafashion.blogspot.com

otilia cristina disse...

NÃO ACHO NOIA NÃO TALVES VC SEJA UMA PESSOA QUE APRENDEU SER GENTIL COM AS OUTRAS PESSOAS E ATE MESMO PRA NÃO MAGOAR AS PESSOAS VOCE SE EXPLICA SEM SER NECESSARIO MAS ACHO QUE AS PESSOAS TE ENXERGAM COMO UMA PESSOA GENTIL QUE NÃO ESNOBA AS PESSOAS MAS POR OUTRO LADO VOCE TAMBEM SE ESTRESSA DE VIVER SE EXPLICANDO NÉ?VC É NOVA AINDA QUANDO TIVER DA MINHA IDADE 47 ANOS VAI APRENDER A DIZER NÃO...A FAZER O QUE TEM VONTADE ..RSRSRSR MEU MARIDO DISSE QUE EU FIQUEI SEM EDUCAÇÃO ..MAS JA FIZ TANTO PRA AGRADAR JA FUI A TANTOS LUGARES SEM VONTADE SO PRA AGRADAR QUE HOJE NÃO FAÇO MAIS NÃO SIMPLISMENTE NÃO VOU E AS VEZES DOU DESCULPAS OOUTRAS SIMPLESMENTE DIGO NÃO VOU E PRONTO...MEUS AMIGOS DE VERDADE ENTENDEM ..OS QUE NÃO SÃO TAMBEM NEM PRECISO QUE ENTENDAM VOCE ME ENTENDE??A MATURIDADE FAZ A GENTE TAMBEM DESPREENDER DE CERTOS PROTOCOLOS RSRSRSR ..BJS

OTILIA

disse...

É, sou mais uma a dizer: também sou assim!
Acho que somos meninas sensíveis e educadas, com medo de sermos rejeitadas por dizermos um não.
Porém eu sei que já fui muito pior, aceitava coisas que não queria antigamente, com medo de que não gostassem de mim ou outros... hoje em dia a única coisa que não consegui fazer nenhuma vez é me defender sozinha em uma briga. Sempre acabo achando que estou errado e cedendo, ou mesmo que eu fique quieta, e que eu esteja no lado correto, o lado 'do bem', eu acabo me sentindo mal e culpada no fim da briga...
Tbm preciso aprender a dizer 'Não porque não!' e pronto.

Minha fábrica de sonhos... disse...

Entrei no teu blog e gostei dos teus textos.

Estou te seguindo.

Passe lá no meu cantinho e me siga.

Ah, te achei no blog da Nira.

Nara.

Maria Célia disse...

Oi Flávia
Você não está sozinha nesta. Eu também quando preciso negar algo,fico embasbacada, como é difícil, fico pensando em ideias mirabolantes pra justificar, e não tenho coragem de dizer:
- Não, eu não quero, não estou a fim, não dá. Muito mais simples,não?
Bjos

Minha fábrica de sonhos... disse...

KKKKKKKKKkkkkk, esse meu jeito gaúcha de ser parece que sou mandona... rrrrsssss.....

Vc me fez rir dessa vezz.

Abração.

Nara.

Keliane disse...

Flávia, as vezes é muito difícil dizer não mesmo, eu também fico super sem graça, e com relação a trabalho fico sem jeito para pedir pra sair mais cedo quando preciso ir ao médico srsrrs.

Bjusss

Thais disse...

eu acho que já sofri mais para dar não. Ainda nao é uma questao simples, mas cada dia que passa aprendo mais isso. ate pq aqui o povo te diz nao, sem nenhuma cerimonia. bjo

Mi Satake disse...

Ja sofri muito com isso, Fla.
Mas levei tanto na cabeça, como se diz popularmente q aprendi.
Sim, sim.
Não, não e pronto.
E vc super linda, elegantésima jamais fará feio numa situação onde tenha q aplicar aqueeeeele NÃO! RS

Sorrisinho blasé e.... Não! Muito obrigada rs!

Suuper beijo pra vc!
Amo demais esse blog!

Bonequinha de Luxo disse...

Gimenez, nem fale eu também tenho muita dificuldade de dizer não, mesmo sabendo que é a coisa mais normal do mundo, mas sabe que estou conseguindo?Acho melhor dizer não que mentir né?Daí vc agrada alguém, mas fica mal consigo mesma, não vale, acho que a outra parte tem que entender, antes eu também não gostava de ouvir não, hoje já aceito numa boa, sem rancores, bjs, Va.

Mila disse...

Olá amiga linda!

eu notei sua falta, mas como adoro seu espaço, que está nos meus favoritos, passei pra te dar um "oi" um abração na alma...
Meu problema é em não saber dizer "não", e quando o faço fico mal demais.rs

E quanto as visitas no meu blog, não se preocupe, eu entendo, dei uma pausa tamb, mas retornei, e sei como é dificil ser esposa, ser mulher, trabalhar fora, dona de casa, aff, e eu que ainda tenho um casal de bebês?! kkkkkkkk
Vou te falar em, não é facíl não...

Bjinhos no coração

Mila

Mila disse...

Ahhhh, seu blog está lindo...rs
Bjs

Regina Rozenbaum disse...

Flávia, amada!
Como prometi venho para avisar que amanhã 23/11 estarei postando sobre a campanha "Blogueira Educada" iniciada aqui com vc e seus leitores. Espero que goste. Quanto à sua nóia é comum e até resumidamente explicável: queremos/desejamos, inconscientemente, sermos aceitos, amados...e dizer NÃO, assim sem mais nem menos nos coloca do outro lado da moeda! Como é um tema bacana e um cadim mais complexo, anotei na caderneta do Divã prá uma futura abordagem...Enquanto isso: BLOGUEIRA(o)EDUCADA(o)!
Beijuuss, moça linda, n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

talvez por vc ser educada, ficar preocupada com o outro, com o sentimento do próximo.
mas sim, tente dizer não qdo precisar, não se desagrade para agradar ninguém.

boa semana! bjs

Economia Doméstica e Requinte com Ana Paula disse...

Oi amore tudo bem?
Eu já tive meus momentos de ter que justificar os "nãos" hoje não faço mais isso...
Não gosto de amizades que ficam o tempo todo cobrando minha presença, nossa vida é muito corrida, então...
Amizade tem que ser cultivada, mais sem cobranças deste tipo. Ter que estar sempre presente nas festas ou coisa assim. Não da.
Bjs

Silvia disse...

Oi Flávia,

Sabe que eu também me sinto assim!
Mas pelo menos aprendi a dizer não, houve uma época que eu simplismente sempre aceitava o que me pedissem...
Hoje já digo bastante não, maas... sempre com uma pontadinha de culpa.

Fazer o que né??

bjoo

REGINA GOULART SANTOS disse...

Olá Flávia!
Vim através de um artigo publicado no blog da Denise sobre bullying, e o achei bastante interessante e gostaria de participar desta campanha.
E através de um link vim conhecê-la e realmente, seus textos são maravilhosos, repletos de muita sabedoria e possui uma leitura agradabilíssima.
Gostaria de poder seguí-la. Posso?
O meu blog, apesar do pouco tempo que tenho tido, chama-se "Entrelinhas", e procuro tentar ajudar no que posso, dentro de meus limites de experiência e conhecimentos.Além do mais, a troca de energia entre os amigos é sempre muito positiva.
Um grande abraço,
Fique com Deus,
Regina Goulart

Denise disse...

Oi Flávia, hj com um pouco mais de tempo, vim desfazer meu engano...rs
A Regina, minha amiga aqui de cima, se refere à minha postagem. Acabei juntando as duas postagens da outra Regina (Rozembaum), mas já desmenbrei e consertei a bagunça que fiz...rs
Me desculpe, está bem?

Bom, sobre tua questão, a Regina já fez uma síntese sobre a dificuldade em dizer não quando a necessidade de aceitação e pertencimento é inerente à nossa natureza - sem falar das características culturais, da delicadeza e da consideração (que desejamos, seja recíproca). Então, não existe certo ou errado, apenas resultados, que são desejados ou indesejados, e eles estipulam os comportamentos: se queremos continuar fazendo parte e sendo aceitos, é provável que mantenhamos as justificativas, pq, socialmente, funciona e nos mantém agregados.

Gostei da campanha da blogueira educada, mas me encantei com tua partilha de ideias, razão pela qual passo a te seguir, ok?
Um grande abraço!

HEIDY MULHER QUE AMA disse...

Ola Flávia!!!
Estive um pouco distante,mas aos poucos vou voltando, espero rsrsrsrs
Quanto a este texto mexeu comigo,tenho muita dificuldade em dizer não,acho que por isso sou sempre julgada.
Parabens pelo seu blog,sempre com assuntos interessantes.
bjsssssssssssss
Ah,maravilhoso fim de semana amiga!!!!!