28/08/2010

Você fala mal do seu marido por aí?

Existem certas atitudes que são extremamente indelicadas e feias, mas hoje falarei de uma só: desdenhar seu companheiro na frente de colegas. Nesta semana, ouvi certos comentários que doeram em mim, mas fiquei na minha, só observando como funciona a cabeça das pessoas.

Ouvi uma moça que se casou há pouco tempo dizer: "Ele sabe que a fila anda, se acabar tudo entre a gente, eu não ligo não". Logo em seguida, a outra respondeu: "Eu também não choro por causa de homem não, o meu filho é pequeno e poderá muito bem acostumar rapidinho com outro pai". Pasmem, uma tem 4 meses, e a outra tem 8 meses de casada. E não estávamos falando mal dos homens não. Não havia surgido nenhum assunto que justificasse tal agressividade.

Claro que entre 4 paredes a gente nunca sabe o que rola, mas elas tem pouquíssimo tempo de casamento e já falam assim? Eu acho muito feio.
Estou casada há um pouco mais de 7 anos e nunca pronunciei nenhuma palavra que desdenhasse ou ridicularizasse meu esposo, especialmente na sua ausência. Somos cúmplices. Além de amantes, somos nossos melhores amigos. Contamos diariamente um com o outro, então porque fazer isso?


Quando alguém quer desabafar e falar dos defeitos do marido à um amigo ou amiga, que seja mais discreto, reserve um horário, um encontro com seu melhor amigo, um telefonema, mas não assim na frente de todo mundo. Pra gente que vê de fora, é grotesco. Também acho ridículo homens desdenhando suas esposas e muitas vezes elas escutam e respondem: "Ele é assim mesmo". Uó!

Mesmo não estando perto de mim em determinadas ocasiões, ele sabe que servirei como sua defensora, ou seja, que cumprirei meu papel com amor de defender sua imagem em qualquer lugar.
Não acho legal ouvir alguém falando mal de quem ama: marido, mãe, irmãos, etc...
Sei lá, eu sempre me coloco no lugar do meu marido e ficaria muito magoada e ouvisse da boca dele algo parecido com o que ouvi dessas meninas.

Pode ser que tenham dito só para se aparecer, mas continua sendo feio.

Leia também:
Você não "tem que" nada!
Atrás de um grande homem..
Declaração ao meu marido

Aviso: Quem deixar um comentário nesta postagem, terá direito a ganhar o selinho que ganhei da querida Fernanda do blog Beleza Santa! O link é: I Love Shoes, Bags and Boys. Bjs

41 comentários:

Janaina Cassis disse...

Nossa!!! Que horrível mesmo, isso tbém nunca aconteceu comigo, nunca pronunciei nada que desmerecesse meu esposo, muito pelo contrário sempre tento mostrar as pessoas o porque de eu amar tanto esse homem principalmente pra minha família, acho o cúmulo mesmo, eu estou casada há 10 anos e já vi muito disso e acho que é por querer aparecer mesmo...
Mas chamam atenção da maneira errada porque criam uma imagem péssima não dos maridos mal falados mais delas que não conseguem manter a boca fechada, rs!
Fazer o que? a gente tem que tomar isso como exemplo e ver que não pode ser feito...
Adorei o post, assunto muito bem abordado, beijos querida e obrigada pelas suas visitinhas, Jana.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eu vou ser sincero.
Acho o pessoal aqui, dekassegui, muitas vezes meio primitivo. Além de muita conversa bem tosca e ignorante, adoram agressõezinhas baratas desse tipo. E claro, sobra para os maridos tb. E maridos tb que fazem a mesma coisa p pagar de machão.

Isso é ridículo, é desrespeito. Auto afirmação boba.

bom domingo!

Monike disse...

Gostei do post

bjs

Economia Doméstica e Requinte com Ana Paula disse...

É por ai Flavia, que pena...
Passei para te desejar um lindo domingo.
Bjs lindona

Greyce disse...

Que horror! Tem gente pra tudo mesmo nesse mundo. bjos

Nanda disse...

Flavinha, adorei esse post...um dia desse estava conversando sobre isso com minha prima. Ela tinha brigado com um namorado de muito tempo e uso essa mesma frase...a fila anda. Tudo bem pode ate andar mas não precisa ficar divulgando, fica vulgar!!
Sabe com quem eu converso sobre meu marido, com a minha mãe, ela sempre quer o melhor pra mim e me ajuda dando conselhos bacana!
beios

Ah, localizei o post do selinho!!! Ta lá no blog, passa lá viu!
bjsss

Flávia Shiroma disse...

Olá tchurminha!!!!!
Obrigada pelos comentários!!!!
Para quem deixar um comentário neste postagem de hoje terá direito a um selinho que ganhei da querida FERNANDA FISHER do blog Beleza Santa!!!!

Peguem neste link!!!!

http://selinhosecia.blogspot.com/2010/08/selinho-18-i-love-shoes-bags-and-boys.html

BEIJOSSSSSSSSSSSS

Marô disse...

Esse post tá perfeito!
Quanto menos tempo de casada mais fácil falar mal,né?
Pouca maturidade e convivência.
Percalços todo casal passa,but...

Beijocas

Lane Eterna disse...

Menina eu faço exatamente o contrário, na verdade eu nem teria mesmo o que falar dele de mal, pois graças a Deus meu marido é tudo pra mim. Mas realmente é muito triste, já presenciei cenas assim, já presenciei palavras na frente tanto do marido quanto da mulher, ambos se ridicularizando. Acho que é falta de noção das coisas e Deus no coração. Bjs e parabéns pelo post.

Dani disse...

Desprezo completamente esse tipo de comportamento, já fui casada e estou separada já a algum tempo, mas em nenhum momento falei mal do meu ex marido para outras pessoas, pelo contrário sempre valorizei suas qualidades, e hoje percebo que tinhamos um casamento muito bom se comparado com a maioria que "ouço" comentarem por aí. Infelizmente, tinhamos objetivos e queriamos coisas diferentes o que acabou nos afastando. Texto muito bem elaborado. Parabéns!

Trocando ideias - Espaço Mulher disse...

Falar mal do marido não dá né?
Mas quando tenho algum problema procuro uma amiga (tadinha,e la sofre) e desando a falar. Não necessariamente mal, mas exponho o problema com todos os detalhes cabíveis e peço conselhos de como resolver!
Bjs
Ótimo Domingo pra vc querida!

Mika °° disse...

Oie Flávia,

Vc está super correta. Eu só namoro, mas também não fico falando mal, quando alguma coisa está errada temos que falar com a pessoa, certo? Claro que temos nossas amigos e com ele podemos desabafar.

No meu serviço tem muita gente que acha certo trair quando a pessoa faz algo que não agrada você acho ridículo e infantil.

Muito bom o post!!

beijos,

changinroom.blogspot.com

Pri Kiguti disse...

Acho que muitos dos relacionamentos daqui são por acomodação e não por amor...
Aquela coisa de juntar para dividir as contas, rachar os impostos...
Amor de verdade... Alguns!
Respeito?! Muita gente aqui não sabe oq essa palavra quer dizer...
Post super importante pra cair a ficha...
Temo que alguma vez, num momento de raivinha, posso ter cometido essa injustiça com meu amore...
Beijokas!
:)

Claudinha Monteiro disse...

Flávia, concordo inteiramente com o teu post.
É bem o velho ditado que nunca falha: "roupa suja se lava em casa"... e não na presença de outras pessoas.
Defeitos todo mundo tem. Não dá para voce casar só com o que voce acha que a pessoa tem de bom. Se estiver esperando apenas a parte boa, não case.
Ele pode ter todos os defeitos do mundo. Mas se vc fala mal dele na frente dos outros, então o defeito maior é seu, não é isso?
Bjos, querida.Bom domingo.

Aislin Alana disse...

concordo plenamente Flavinha.
Eu sou totalmente leal ao meu marido, temos muitos desentendimentos, briiguinhas, mas isso nao quer dizer que vou sair por ai falando mal dele a alguem.
Sabe o que parece nessa situação... Que estou dando permissao a essas "amigas" de falar mal de meu marido por ai.
Concordo tbm quando vc diz de reservar um tempo e lugar para essas situações, desabafar é uma coisa e desdenhar é outra, completamente diferente e uma diferença féia, como vc disse..

Alerta as mocinhas que estao a se casar ou casadas recenemente...
Bjinhusss florzinha!!!

• déia musso • disse...

aaa pelo amor de Deus,
que falta de elegancia, no mínimo!
afinal, "ema ema ema, cada um com seus problemas" neh?
se estah ruim com o atual, largue e pronto, quem muito fala pouco faz, viu...isso eh coisa de gente q quer bancar a gostosa, quer passar que tem tudo "sob controle".
Se vc precisa provar que é alguém de "atitude", então não é nada, não acha?
ótimo post,
beijos e lindo domingo amiga!

Paula Li disse...

Este post foi tranmissão de pensamento!!! Hoje vou escrever sobre o mesmo tema, apenas abordando sob uma ótica diferente. Realmente precisamos valorizar nosso companheiro e não ficar denegrindo a imagem deles por aí.
Bjs

Paula Li disse...

Oi, dei um pulinho no blog cha das cinco e adorei o post. Não sabia que você era formada em Psicologia, pensei que fosse comunicação! Mais uma concidência!!!
Concordo quando diz que todos nós deveríamos cursar Pscicologia, aprender a conhecer o ser humano é fundamental para melhorar a convivência e saber respeitar as diferenças.
bjs

Carla Pinheiro disse...

Flavia

Nem todo mundo de ter um marido como seu... as vezes o saco tá tão cheio que escapa,neam?
Mas respeito é uma das peças fundamentais do relacionamento.
Falar mal não dá não, nem de brincadeira. É feio, pega mal e acaba virando vício!

beijos

HEIDY MULHER QUE AMA disse...

Ola amiga lindaaaaa!!!!

Não é pelo selinho que estou respondendo,mas pelo assunto tão original e reflexivo.
Realmente quem faz isso em voz alta para todos escutarem é com certeza uma pessoa que se acha muito kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Mas mesmo vc tendo desabafo com pessoas que vc confia,não é nada bom tbm,o desabafo tem que ser dito a ele,pois só assim o relacionamento é sincero e leal.Isso se realmente amar ele ..........
Bem...
É o que penso nesses 21 anos de casada!!!!!!
bjsssssssssssssssssssssss
Adoro vir aquiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!
Unico blog que fico à vontade!!!!!!!!!!!!!!!!
Boa semana,vê se não some kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
HEIDY

Petit Art - Maitê disse...

Oie!
Quero te convidar pra participar do sorteio de uma camiseta customizada com uma rosa em patchcolagem, super linda!
Vai lá na petit art e clique em sorteio e boa sorte!

www.maitepetitart.blogspot.com
bjo bjo

Bell Pimentel disse...

Adorei ver o selinho por aqui também! :)

Beijocas fashionistas, Bell!
[http://fashionistabaiana.blogspot.com/]

Grasiela - Adoro Lilás disse...

oi Flavia, obrigada pela visita no meu blog

já estou te seguindo.

beijo

Grasi

Lilian Britto disse...

Eu sou casada a 19 anos, sem contar o período de namoro. Eu nunca fui de falar mal do meu marido pra ninguem, guardava as coisas todas pra mim, procurava me arranjar como dava, até descobrir que ele não tinha a mesma "gentileza" comigo. É claro q não falo de intimidades e nunca sou muito clara qto ao que estou passando, mas uso sim a internet pra desabafar muitas vezes. Eu o amo muito mas não faço de conta que minha vida é um mar de rosas. Aprendi a desabafar sem ter que revelar detalhes das discussões, mas eu realmente preciso desses momentos de desabafo. Não conheço ninguem na vida real que mereça saber da minha vida, por isso prefiro meus amigos virtuais, que são muito mais amigos q muitos pretensos amigos q tenho na vida real ;)
Acho que há casos e casos, no meu caso especificamente, falo algumas vezes vez ou outra no blog ou no Twitter (por isso meu perfil é restrito), preciso disso!
Beijos, boa semana =*

P.S.: Flavinha, vc tentou comentar no meu blog e disse qu não conseguiu, eu testei tudo lá e está tudo certinho. Tenta de novo amiga e me diz se deu certo tá!

Meu blog: http://doceinsensatez.com/blog

Michelle Nazar disse...

Flá! Eu concordo com tudo o que falastes! E ainda acrescento mais.. Muitas mulheres estão perdendo o respeito por si mesmas, não só pelos companheiros, pois não é nenhuma vantagem se sublinhar que "a fila anda", já que não somos produtos, somos seres, ditos humanos! Eu me surpreendo com conversas assim, mas que infelizmente têm se tornado banais..o que é lamentável, ao meu ver. Sejamos mais humanos e respeitosos com os demais, é o que digo aqui!!! Bjks ;-)

Ju disse...

OI, Flavia,

nossa muito legal este post! Tenho um grupo de amigos, que vira e mexe as mulheres se juntam para falar mal dos respectivos maridos... eu acho isso feio, e sempre me afasto. Acho que uma coisa é vc desabafar com uma pessoa bem próxima, outra é vc ficar falando essas coisas numa mesa de bar (por ex.)!

Aquele texto que postei quem escreveu foi a Martha Medeiros! Sábias palavras, não??

beijinhos, ju
ps. obrigada pelo elogio! Aquela foto está bacana,né?

Eli disse...

Flávia, existem pessoas que são do tipo: fale mal, mas falem de mim!
E essas pessoas q vc citou, devem fazer parte.
Eu tbm sempre achei feio isso. E mais: ela quem escolheu o parceiro, então, foi ela quem fez a má escolha, ou seja, culpa dela mesma que não soube encontrar um bom parceiro!
E como a Pri falou, mta gente aqui apenas se junta para dividir as despesas... uma pena que o conceito de casamento esteja tão fora de moda...
Sobre o filme===> alguns trechos me identificava e ria, pq são coisas q acontecem com todo casal. Acho q vc vai gostar!
Bjos

Manias de Benetti disse...

Não porque não tenho marido rsrs
Mas não é legal sair falando... mas acontece, né?

Boa semana
;*

Marina

Lellys disse...

Oi Flávia, concordo plenamente comvocê.
Acho que esposo é como uma parte de você, deve ser respeitado. Se não estamos em um bom dia com ele, procure alguém e tenha uma conversa, com conselhos.
Pessoas assim merecem desprezo.

beijos e ótima semana.

Nathalia Lima disse...

Concordo plenamente Flávia!!!! Acho tão feio ver as pessoas fazendo esses comentarios tanto homens quanto mulheres, Eu só namoro e jamais teria coragem de fazer isso, Imagina se fosse recém-casada. Acho tudo isso uma questão de além do amor, de respeito! Casar pra levar desse jeito, não vale a pena não. Muito chato ficar fazendo esses tipos de comentários. Mas é lindos ver pessoas como você que são casadas a alguns anos, e demonstram o maior respeito e cumplicidade pelo companheiro. É esse o valor de um relacionamento!

Beijos Florzinhaaa...

Blog da Van disse...

Isso é feio, falta de educação e falta de bom senso. Eu estou casada a 2 anos e meio, e jamais na vida tenho coragem de fazer isso. O problema é pra ser resolvido em casa e não para gerar fofoquinhas. Tenho um casal de clientes que a mulher fala mal do marido aqui no escritório e o marido fala mal da mulher, não é mais fácil terminar tudo?

Wal Marques disse...

Estou casada a quase 2 anos,mas estamos juntos a 9 anos,sempre ouvi pessoas e até amigas falando sobre as intimidades,falando mau mesmo do namorado e maridos,acho mmuuuito desagradavel e triste porque se a pessoa chega ao ponto de literalmente"meter o pau" pelas costas do seu parceiro,é porque nunca existiu amor....é feio demais.
Eu nunca tive esse tipo de atitude em relação ao meu marido,claro que as vezes perdemos a paciência,mas os problemas e diferenças se resolvem em casa na minha opinião....adorei o post,bjs!!!

Glamour Eterno disse...

Oi Fla´via, que coisa mais feia e desagradável hem, com certeza essas meninas não dão a menor importancia ao casamento, eu jamais faria isso com meu marido, muito pelo contraria estou sempre elogiando pois ele é tudo pra mim, melhor pai não há.
se afasta desse tipo de gente, só tráz energia negativa.
Bjussss

Flávia Shiroma disse...

Meninas, seus comentários me renderiam novas postagens viu??
Por isso amo compartilhar idéias........ cada um com seu ponto de vista!!!!

Um beijo a todas!!!!!
;)

Desabafo disse...

Eu tb acho isso muito feio. Se fazem isso com os próprios maridos imagina com as amigas.
Esse tipo de amizade é muito ruim.
Beijos, Camila.
odesabapho.blogspot.com

Babi Zuza disse...

Oi Flavia... nossa tava lendo este post... e pensando aqui... eu sou discreta!! hehe.. pq eu e meu namorado tinhamos brigado.. na sexta.. cheguei na academia super chateada.. ate meio chorosa (eu choro a toa ne).. qdo as meninas perguntaram eu simplesmente respondi: não quero falar sobre isso.. vamos fazer a aula??.. Ai as amigas mais proximas me chamaram para dar uma volta depois da aula.. e fui.. e estou aqui lembrando.. não falei nada demais.. estava precisando desabafar.. mas mesmo com toda raiva que eu estava (por motivo bobo) não falei mal dele.. afinal.. é meu companheiro né?! E só agora parei pra pensar nisso....

B-jinhos
Babi Zuza
www.babizuza.blogspot.com
@babi_zuza

♥ Erika Saab disse...

hahaha, que situação! Eu sou que nem a Nanda quando quero falar do eu marido, falo com a minha mãe rsrsrsrs, porque é alguém que esteve a vida inteira comigo e sabe quando estou só chateada desabafando, quando estou exagerando as coisas, quando estou sendo irônica, quando estou falando sério...e claro,que esse negócio de "fila andar" é meio que uma defesa de dizer que se um homem não dá valor, tem outros que dêem, mas a verdade é que o fato de ter outro na fila, não anula o transtorno que é o final de um relacionamento, as feridas, as mágoas e o tempo que se passou junto com alguém, então, nem tudo são flores assim, mesmo com uma fila de espera enorme!

Carla Koga disse...

Principalmente aqui muitos deconhecem o significado da palavra amor, respeito e cumplicidade, tbm acho muito feia essa atitude, mas nao cabe a mim julgar, acho que esses valores vem de berço, ja fui muito mal interpretada por questionar reaçoes assim de algumas "amigas", rs.
Eu e o Edu quando nos casamos, gravamos em nossas alianças apenas a palavra "CUMPLICIDADE" ao invez dos nossos nomes.
Flavia o post esta otimo, muito bem elaborado.
Bj

Cah
http://www.quarentadedinhos.blogspot.com

Flávia Shiroma disse...

Meninas, o conselho de conversar com as nossas mães cabe para todos! Pelo menos para quem confia em suas maes.
As maes jamais nos dariam conselhos duvidosos!!!

Ah Carla... eu sei muito bem como são as coisas no Japão... parece que as pessoas não tem noção de nada e se esquecem o significado das palavras que vc citou.

Um bjo
;)

Gisley Scott disse...

Flávia,

vc está certíssima. Eu tenho uma amiga que tb é casada, mas ela não churrasca o marido.Nós já decidimos que não teremos amizades com mulheres que fazem do marido um espetinho de frango, pq se faz isso com a própria família, vai fazer isso tb conosco.

Eu acredito que à ninguém é dado o direito de denegrir a imagem do outro,por mais que a pessoa esteja errada.Quer consertar algo no casamento?Tudo bem! Mas não é metralhando o esposo que tb é(ou será) o pai dos filhos delas.

E outra, mulher tem que prestar muita atenção pq se o filho cresce vendo a mãe metralhando o pai, é com esse tipo de mulher com quem ele vai acabar casando, pq foi esse o espelho que tem em casa. Nós mulheres tb temos que nos lembrar que assim como os nossos filhos têm mãe, os nossos esposos tb.

Não façamos com nossos esposos o que não queremos que as nossas noras façam com os nossos filhos.Como já dizia o velho ditado: Costume de casa se leva à praça.

Adriana Alencar disse...

Olá Flávia!
Infelzimente, é impossível estar satisfeito com alguém por todo o tempo, por isso desabafamos de vez em quando, mas você está certíssima em afirmar que isso deve ser feito de forma discreta. Nunca esqueço o comentário de um padre: falar mal do esposo é falar mal de si mesmo, já que, aos olhos do Senhor, são a mesma carne.
Cheguei a esta postagem através do seu outro blog e amei o selinho, obrigada!
Bj
Adri