3 de mai de 2010

Saiba lidar com o medo

Um camundongo vivia angustiado com medo do gato. Um mágico teve pena dele e o transformou em gato, mas aí ele ficou com medo do cão. Então, o mágico o transformou em pantera. Aí, ele começou a temer os caçadores. A esta altura o mágico desistiu. Transformou-o em camundongo novamente e disse: - Nada que eu faça por você vai ajudá-lo porque você tem apenas a coragem de um camundongo.


Sentir medo é normal, assim como sentir saudade, angústia, ansiedade, felicidade e muitos outros sentimentos. O medo só nos atrapalha quando nos deixamos dominar, quando nos desencorajamos a fazer ou conquistar algo que almejamos muito ou que é simplesmente necessário.

Porém, o "sentir medo" nos ajuda a sermos prudentes e a pensarmos algumas vezes antes de tomarmos decisões mais sérias. O medo nos freia e, dependendo da situação, ele é um bom conselheiro. Imaginem só se, no mundo inteiro, ninguém sentisse medo de nada? Se ninguém sentisse medo de magoar o próximo, invadir privacidade alheia, contar os segredos do amigo, trair os colegas, tomar remédios desconhecidos por conta própria, sair batendo nos seus inimigos, etc etc etc... Acredito que todos seríamos infelizes e o mundo estaria condenado à anarquia geral.

Pense: "Você não precisa conquistar muitas coisas na sua vida e adquirir muito poder se o medo lhe consome nos momentos mais decisivos. Seria como dar asas à cobra. Inútil."

Encare seu medo como um sinal de que deve pensar melhor antes de agir. Não o encare como um sinal de que deve desistir. (Flávia Shiroma)

5 comentários:

Mila disse...

Olá Flávia!
O medo, meu maior vilão...Tive uma sindrome de panico por conta dele.
Quando descontrolado o medo é terrível, pode até levar a morte, te garanto.
Belo poste!
Bjs com carinho!
Mila

Flávia Shiroma disse...

Nossa Mila, eu mesma já senti muitos medos durante a minha vida e, em muitos casos, acho que esse medo era causado pela timidez. Mas, a vida nos ensina a lidar melhor com tudo isso. Claro que as vezes a vida ensina de uma maneira dura, porém necessária. O importante é nunca desistir por causa deste fantasma chamado medo e sim encará-lo de frente como se fosse um adversário numa batalha. O gosto da vitória é muito bom.
Beijos com carinho para você. Agora tô indo visitar seu lindo blog!!! Bjs

Julimar Murat disse...

Oi Flavia

fiquei feliz com sua visita no meu blog e adorei o seu espaço. Acredito que nos identificamos em muitas coisas, mas o importante é a busca por uma vida cheia de paz, de alegria e muito amor, mesmo diante das dificuldades que ela nos apresenta.A perseverança e a coragem no acreditar que podemos vencer as adversidades é algo que trago dentro de mim não permitindo que o medo me vença, mas que seja um aliado nas decisões com consciencia e cautela.
Vai ser muito bom poder trocar idéias contigo,

Fique em paz, e muita luz sempre
beijos

julimar

Flávia Shiroma disse...

Julimar querida, isso mesmo, cautela! Esta é a palavra ideal para descrever porque temos que sentir medo em algumas situações. Obrigada por passar por aqui e contribuir com suas opiniões.
Bj

Márcia Loyola disse...

Obg por visitar meu blog!
Adorei seu blog, é show!!!
Uma ótima semana pra vc!