1 de mai de 2010

Não se culpe por gostar de coisas caras

Conheço muita gente que gasta horrores em uma bolsa de marca, por exemplo, e mente para as amigas na hora de dizer quanto pagou, principalmente se a amiga tiver uma condição financeira inferior.

Também conheço algumas mulheres que dizem aos maridos que tudo que comprou estava na liquidação (acho que essa parte serve para mim! kkk). Se você tem coragem de gastar muito dinheiro em um objeto ou carro ou jóias ou perfumes, não se sinta envergonhada pensando que todos a acharão fútil por isso. Mas, é evidente que se você viver em função disso, o rótulo de mulher-vazia será inevitável. Equilibre suas contas e desejos. Quando contar a alguém sobre sua nova aquisição, se atente ao detalhe de não falar com arrogância. Gaste uma parte do seu dinheiro com alguma coisa ecológica também, com algum curso bacana, com algum passeio interessante, enfim, dê um equilíbrio nas suas vontades.

Muitas pessoas não curtem coisas caras, acham que é um desperdício gastar uma fortuna em uma "etiqueta" e eu não tiro a razão delas. Todos têm argumentos suficientes para defenderem seus pontos de vista e esta postagem não visa isso, pelo menos hoje.

Se você sempre sonhou em ter uma bolsa caríssima da Louis Vuitton e rala pra caramba no seu trabalho, acho sim que você merece se dar esse mimo. Mas, repito, não viva em função disso. Saiba apreciar também peças mais em conta que te deixarão belíssima do mesmo jeito. Afinal, a marca sozinha não faz a mulher. Aqui no Japão o que mais vimos nas ruas são mulheres vestidas de Chanel, Gucci e LV dos pés à cabeça andando torto, sem postura e sem nenhum charme. Qualquer um desses estilistas odiariam vir suas peças nessas mulheres sem classe. Mas, voltando ao assunto central..... gaste com prazer, gaste com aquilo que queira, mesmo se for caro, mas não se prenda só a isso, amiga. Eu mesma adoooooooro comprar coisas de marca, temos que admitir que a qualidade é superior, não tem jeito, mas também tenho minhas coisinhas baratinhas que amo de paixão!

Gaste sim. Mas, saiba que o poder e o charme de uma mulher estão num todo e não só nas etiquetas que usa. O que você acha?


Leia também:
A mulher elegante
Novo visual

5 comentários:

Meus Pensamentos disse...

Olá Flávia!
Eu compro sim,rs
Mas bate uma culpa depois, até porque às vezes eu não uso, rsrs
Mas isso já mudou bastante, estou me comportando...
A beleza da mulher está no seu estilo sabe, já vesti peças de camelô, serio, fiquei elegante e bonita...rsrs
Bjs
Mila

Carla Koga disse...

Oi Flávia!
retribuindo a visitinha, rs, então acho que como vc disse cada um com seu ponto de vista.
Eu compro sem culpa nenhuma!rs, tenho mais de 70 pares de sapatos e umas 20 bolsas, entre caros e nem tão caros assim...Antes dos gêmeos eu comprava todos os meses uma jóia, ou algo que eu gostasse, eu me dava de presente, pelo meu esforço naquele mês, rs.
Adorei o post, beijos.
CK

Carla Koga disse...

PS:
Ah...
Detalhe, só acho muito feio "falsification", Made in China não rola!
cK

Meus Pensamentos disse...

Obrigado pelo carinho de retornar minha visita, e por elogiar as poesias. Desde pequena escrevo, agora resolvi externar esses pensamentos,rs
Volte sempre!
Bjs

Flávia disse...

Carla e Mila, obrigada pelos comentarios. Antigamente eu tambem comprava coisas que nem usava direito. Inclusive tenho uma sandalia que ate hoje nunca usei! Af.... só nao tenho vergonha de dizer isso aqui porque sei que isso é coisa de mulher mesmo ne? rsrs... Ah Carla, tambem nao gosto de falsification, ha uns 6 anos comprei uma carteira da LV "falset" e ela durou 1 ano! O "couro" começou a rachar nas dobras... rs. Nao valeu o investimento nao.
Beijos a voces duas!