30 de abr de 2010

O tempo nos modifica

Ultimamente venho notando que meus interesses estão mudando com a idade. Ops! Não só meus interesses, mas meu corpo também. Por isso, hoje posso afirmar que a idade chega para todos. Fato este que não acreditava na época da minha adolescência, cuja fase todos pensam que a velhice nunca chegará.


Minhas calças tamanho 36 não servem mais há muito tempo. Tingir os cabelos não é mais uma vaidade e sim uma necessidade a fim de esconder meus primeiros fios brancos. Blusas curtinhas que mostram a barriga já não fazem parte dos meus planos. Os saltos altos que adoro usar e coleciono não são mais usados diariamente como antes, ultimamente me peguei com vontade de comprar sapatilhas que são mais confortáveis. Provavelmente esses são os primeiros sinais de que o meu corpo está mudando de fase, digamos assim. Passei dos 30, sinto-me jovem, mas meu corpo não tem mais 18. Isso é real.

Emagrecer com a mesma facilidade de antes? Esquece! Base líquida e pó compacto são itens de maquiagem que devo tomar muito cuidado, já não posso mais usá-los como antes, as marcas de expressão do meu rosto ficam como se alguém as estivesse olhando com uma lente de aumento.

Dentro de uma loja, não passo mais em frente à prateleira dos tamanhos P. Também não escolho minhas roupas pelo quanto elas poderiam me deixar mais sexy e atraente. Preservo mais o conforto. Minhas lingeries não fecham mais no primeiro feixo e não faço tanta questão de comprar peças que turbinam excessivamente os seios, prefiro as peças que modelam e proporcionam bem-estar. Roupas de marca? Não, não compro mais nada pela etiqueta, só invisto quando realmente me cai bem e me favorece de alguma forma, principalmente nas medidas.

Academia?? Ahhh.... antes eu ia para paquerar e ficar saradona, mas apesar de não frequentar academias ultimamente, hoje penso em me matricular para manter minha saúde e perder uns quilinhos extras. Tudo na vida é uma questão de maturidade. Antes você pensava assim e hoje pensa assado. Nossos interesses, focos e prioridades mudam de acordo com a passagem do tempo e isso é maravilhoso. Imagina só você ser a mesma de 15 anos atrás? Uma pessoa com mais de 30 anos com desejos e pontos de vista de uma garotinha de 15? Tudo tem seu tempo e é esse o tempo que nos guia, que nos ensina a cada dia como encarar cada situação que chega a nós.

Jamais trocaria a minha idade por vinte e poucos anos. Naquela época tinha a barriga tanquinho e vestia 36. Comia tudo e não engordava um grama sequer. Eu mesma não sabia porque podia comer tanto, mas enfim, comia! Porém, não tinha a bagagem de hoje, o molejo da vida, o famoso jogo de cintura...

Hoje o corpinho perfeito passa longe de casa e a minha preocupação com relação a isso não é tão obsessiva como antes. Hoje apenas penso em manter a boa forma suficiente para me sentir bem perante meu marido e a mim mesma. Afinal, estar de bem com o espelho é sadio. Minha visão já fica meio embassada para ler de perto. De longe enxergo melhor. Sou uma pessoa muito bem disposta, mas ao fazer qualquer movimento um pouco mais exagerado, sinto minhas costas. Antes, eu frequentava a manicure e só ficava nas unhas, hoje olho para minhas unhas e logo verifico minhas mãos a fim de encontrar possíveis manchinhas, mas ainda não tenho nenhuma. Ainda!! Hoje sou mais realista. Elas aparecerão qualquer dia desses! rs ... Sol forte como antes? Só pensando em ficar poderosa com meu bronze?? Nananinanão!! Hoje preservo minha pele e AMO peles branquinhas e sadias! Saúde em primeiro lugar.

Outra coisa: com menos idade e fumando um cigarro (tinha que ser Marlboro Lights!) eu pensava ser mais dona de mim e me iludia achando que transmitiria uma imagem mais madura aos outros só por estar com um cigarro nos dedos. Me achava importante, dona de mim e mais mulher. Besteira..... Hoje até que dou uma fumadinha muito raramente, mas não para me exibir ou provar alguma coisa que hoje não tem mais sentido para mim. Como somos bobos na juventude não? Como perdemos tempo a toa. Mas, tudo é válido. Super válido. Foi graças a essas bobagens que aprendi na pele o que é feio e inadequado e me transformei em uma mulher de opinião.

Estou escrevendo aqui pensando que mais tarde me lembrarei de mais modificações pelas quais meu corpitcho está passando. Com o tempo, atualizarei este post. São tantas coisas! Quanto à casa dos trinta na minha vida também sinto mais confiança e esperteza, apesar de ainda quebrar a cara de vez enquando. Mas isso é normal.... com 40 ou 50 anos sempre estarei aprendendo algo. Cada qual no seu tempo. É ele quem determina a nossa maturidade. Mas, claro, depende de você. Conheço algumas pessoas que, apesar do tempo, não aprenderam nada.

Agora me diga você, o que vem mudando no seu corpo e na sua mente com o passar dos anos?


Leia também:
As aparências enganam
Para pensar...

5 comentários:

Andrea Guim disse...

Oi, Flávia!
Eu senti demais a mudança da idade! Depois dos 30 engordei, coisa que jamais havia me acontecido! E agora, aos 40, além de tudo que você citou no post, sinto também minhas articulações rangerem, minha coluna dói noite e dia e passei a precisar de óculos... Fazer o quê, né?!
Obrigada por suas visitas e comentário lá no blog!!!
Beijis e bom fim de semana!!

japa louco disse...

Ola minha amiga eu li e adorei, nossa como eh o corpo humano ne? passamos por varias fases na vida , bem eh isso ai mesmo com a beleza acabando o importante eh a cabeca e o coracao. acho que o ser humano tem toda sua fase e momento de beleza, mesmo envelhecendo continuamos bonitos basta saber cutivar no lugar certo, bjus vc eh linda viu te adoru !!!!

Flávia disse...

Andrea, esse lance da coluna doer é duro de roer! rsrs... antes eu não sentia nada nas costas, mas hoje...... rs... no coments!

Japa querido, obrigada por postar seu comentário aqui. Amei a parte em que vc diz que o ser humano sempre será bonito mesmo tendo sua beleza exterior sendo levada embora.... adorei!! Super válido.

Obrigada amigos por darem vida a este blog com suas opiniões!!!
Beijos

Inaie disse...

Flavia, achei o seu post o maximo, mas como sou adquelas que nao podem ler bula de remedio por que senao TENHO todods os efeitos colaterais, parei rapidinho antes de ter que responder que meu corpo esta EXATAMENTE como o seu...kkkk

Eu nao sei quais sao as mudancas. Nao presto atencao, me faco de louca e finjo que nada disso esta acontecendo, por que me sinto muuuito mais jovem do que sou.

E depois dos 30, o negocio nao e mais ser deslumbrante, a moda e ser INTERESSANTE!!!!

kkkk

bjm

Blogger disse...

Are you paying more than $5 per pack of cigarettes? I buy my cigarettes over at Duty Free Depot and this saves me over 60% from cigs.