10 de abr de 2010

Evite a traição no seu casamento - Parte 3

Casou? Então você não é mais solteira
Preste atenção meninas. Muitas pessoas pecam muito nesse item nos primeiros meses de casamento, principalmente se nunca moraram juntos antes. Vamos fazer uma comparação entre duas mulheres: uma que acabou de se casar com outra que acabou de ter seu primeiro filho. A mamãe de primeira viagem, além de todo aquele cuidado com o bebê que a gente já conhece, ainda terá que lidar com mudanças radicais na sua rotina e na sua forma de pensar: passará a colocar seu filho sempre em primeiro plano, não terá disponibilidade para sair com as amigas como antes, suas prioridades e preocupações na vida serão todas substituídas, terá que se preocupar com leite, fraudas, mamadeiras, escolinha, educação, etc... É uma mudança radical para esta mulher. No caso da recém casada acontece a mesma coisa: ela já não é mais uma mulher solteira e seu comportamento, prioridades e preocupações também serão substituídas: terá que se preocupar com o jantar para o esposo, com a limpeza da casa, com a despensa, com a rotina sexual, com o pagamento das contas do mês; cuidar das roupas e pertences dele, conciliar a casa com o trabalho (e estudo se for o caso), e muito mais. Não dá para fechar os olhos para isso e também não é machismo nenhum dizer que devemos nos preocupar com as coisas dos nossos maridos. Se você o ama e pretende ter uma casa, uma família, é óbvio que você, como mulher, será a dona da sua casa, querendo ou não é a mulher quem conduz as coisas, mas isso fica para um outro dia. Voltando à questão co comportamento de casada, não se iluda pensando que um casamento entre duas pessoas que agem como solteiras dará certo. Os casados têm que dar satisfações sim, devem ligar e avisar em casos de atraso para chegar em casa (isso mostra respeito com seu companheiro), têm hora para chegar e devem sim abdicar de certos costumes da vida de solteiro. O exemplo mais clássico é o celular. Para uma mulher, não pega nada bem continuar recebendo ligações de amigos homens depois de casada. Não é de bom tom. Você gostaria que seu esposo recebesse alguns telefonemas de amigas do trabalho nos finais de semana para jogar conversa fora ou marcar alguma coisa informal? Acho que não né? Pois bem, pratique a empatia, coloque-se no lugar do outro a todo instante e não faça nada que não gostaria que fizesse com você mesma. Se você continuar casada com alma e pensamentos de solteira, dará margens para ele ser assim também. Isso seria uma ótima oportunidade para a traição por parte dele.

Nenhum comentário: