11 de fev de 2010

Sinceridade demais afasta as pessoas




Porque todo mundo diz que gosta e prefere pessoas sinceras se quando somos sinceras e transparentes, essas mesmas pessoas se afastam sutilmente de nós? Porque "preferir" pessoas transparentes e diretas só funciona na teoria? Será que é o jeito de falar? Será que devemos discernir a verdade que deve ser dita e as que não devem ser ditas? Existe isso?

Há uns 5 anos eu era, digamos, muito ingênua e saía falando tudo que pensava, achava que a sinceridade extrema era uma virtude e acreditava cegamente que seria mais querida e admirada por ser assim. Mesmo sem ser solicitada, eu tomava partido e opinava com a melhor das intenções, mas com o tempo fui descobrindo que nem todos retribuíam essa transparência para comigo. O tempo me abriu os olhos para algumas pessoas que não aprovavam o meu jeito de ser e comentavam entre eles, mas nunca comigo. A partir daí me toquei que vivia num mundo paralelo, numa ilusão, pensando que se eu era assim, todos também seriam. Mas, não é bem assim que a banda toca.

Tive que mudar meu jeito e hoje sou uma pessoa cautelosa. Continuo sincera, mas com as pessoas certas. Isso não quer dizer que sou falsa com as outras, apenas não me manifesto, não opino e nem discordo de nada, fico na minha. Quando digo que sou sincera com as pessoas certas, refiro-me às pessoas que realmente têm importância para mim: minha família, minhas poucas amigas e pessoas que não são tão amigas, mas que já provaram seu carinho por mim em algum momento da minha vida.

Também aprendi a opinar, de preferência, quando a pessoa solicita. Parei de ter "altas" iniciativas e  deixei um pouco a minha espontaneidade de lado. Hoje, diante de uma pessoa que acabo de conhecer, vou com muitas cautela e penso mil vezes antes de dizer alguma coisa, até porque é muito importante conhecermos bem o nosso novo colega para saber direitinho como reage às opiniões e críticas alheias. Tem gente que não aguenta e encara toda e qualquer crítica construtiva, conselhos, palavras de alerta ou opinião, de maneira negativa. Não consegue enxergar que queremos ajudar. Muitas vezes, nem querem ser ajudados.

Aprendi a ser sincera e espontânea com a pessoas certas e cautelosa com as outras.
Mais uma lição de vida.
Você já passou por isso?

Leia também:


8 comentários:

PRI disse...

Flavia!
A sinceridade é uma qualidade quando vem acompanhada de sabedoria! Tb já fui 100% sincera até perceber que, muitas vezes, magoava as pessoas! Tb tive que mudar... Mas vivo esbarrando em pessoas sinceras demais ou sem o mínimo de bom senso! Aí dou aquela respirada funda e bola pra frente!
Adorei o texto!
:)*

Flávia Shiroma disse...

E verdade Pri... a vida ensina muita coisa, ou melhor, o tempo! Valeu pelo comentario! Eu vivo escrevendo aqui e eh bom saber se vcs compartilham das mesmas ideias! beijao

♥ Erika Saab disse...

Também já fui assim, "muito transparente" e quebrei a cara várias vezes, principalmente com colegas de trabalho, então hoje, faço o mesmo que você, sou sincera com as pessoas certas.

Twyck disse...

Sensacional o que escreveu. Colocou em palavras o que pensamos, mas não conseguimos expressar.

Isabel Guenther disse...

Tenho muito a aprender ainda...

PRISCILA MOLINEIRO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leilane Ilario disse...

Acabou de acontecer comigo rsrs. Na verdade vive acontecendo. Vou tentar me policiar mais, ótimo texto vou tentar seguir seu conselho rsrs.

Leilane Ilario disse...

Acabou de acontecer comigo rsrs. Na verdade vive acontecendo. Vou tentar me policiar mais, ótimo texto vou tentar seguir seu conselho rsrs.