18 de out de 2009

Cartas em extinção

Quando foi a última vez que você escreveu uma carta a alguém?
E-mail não! Carta mesmo, daquelas que a gente tinha que pegar um papel, uma caneta e sentar à mesa para escrevê-la.
A minha mãe não é nada internética, ela não é dessa geração e nem tem computador por isso ainda recebo cartas dela com fotos (reveladas na Fotóptica!!!!) que demora mais de um mês para chegar aqui no Japão.

Nem me lembro quando foi a última vez que mandei uma carta à alguém. Olha, eu não ia falar aqui não, mas vou falar sim, pois acho que não sou a única. Eu tenho um rascunho de carta aqui comigo guardado num canto há mais de 1 ano e meio!!! Pasmem!! rs... era uma cartinha que comecei a escrever e não terminei até hoje!! Na época, escrevi novidades que hoje já são assuntos super nada a ver e ultrapassados. Até desisti. Mas, não me orgulho disso não, pois sei que todos vivemos na era digital, mas tenho certeza que todo mundo gosta de receber uma cartinha escrita à mão na caixinha do correio.
É gostoso imaginar que a pessoa se sentou, se concentrou, buscou papel, caneta e pensou no que escrever pra gente. Valorizo isso, acho o máximo.
As crianças não escrevem mais cartas e quando escrevem alguma coisa cometem erros terríveis como "axo" ou "vc" pela rapidez ou preguiça ou costume...sei lá. Acho feio!
Vamos enviar mais cartinhas gente! É tão gostoso! pelo menos cartão postal vai! É mais curto (para quem não tem tempo) rs.

Taí, daqui pra frente
vou me disciplinar mais a mandar cartinhas... pelo menos terminar as que eu
começar! Bjs.

Um comentário:

lucas disse...

Meu Deus...
Eu sou das antigas com uma pontinha de modernidade!

tipo... mando carta e fotos, só que as fotos vão em pendrive :p